A Prefeitura da cidade de Belo Horizonte autorizou, a partir da próxima quinta-feira (06), a reabertura das atividades econômicas que estão contempladas na Fase 1. O anúncio foi feito em entrevista coletiva, após o Comitê de Enfrentamento à Epidemia da Covid-19 da região confirmar a tendência de queda velocidade de transmissão.

publicidade
Belo Horizonte confirma retorno parcial do comércio a partir de amanhã (6)
Belo Horizonte confirma retorno parcial do comércio a partir de amanhã (6) (Imagem: PBH)
publicidade

Aliás, a perda de velocidade tem impactado a diminuição de internação de pacientes por conta da Covid-19. Principalmente nas alas de enfermaria, de acordo com a prefeitura.

Assim, conforme divulgação na última segunda-feira (03) do Boletim Epidemiológico e Assistencial, o índice da taxa de ocupação de leitos caiu para 67%. Relacionados aos últimos dados divulgados pelo boletim no dia 22 de julho. 

Além disso, de acordo com dados divulgados pela própria Prefeitura de Belo Horizonte, a transmissão por infectado ficou em 0,91, atingindo sua menor média até o momento. Segundo o órgão municipal, a taxa é monitorada e divulgada todas as sextas-feiras

Segundo o secretário de saúde do município, Jackson Machado, a redução no número de contágio na cidade demonstra uma melhora. 

Nos últimos dias houve redução muito significativa nas solicitações de leitos para internações Covid na Rede SUS-BH. Hoje pela manhã, apenas três pacientes aguardavam a internação. Além dessa melhora, também vamos passar a considerar novos números para a taxa de ocupação de leitos”, explica o secretário de Saúde, Jackson Machado.

Reabertura do comércio em Belo Horizonte

A reabertura será limitada, a fim de que tenha menos fluxo de pessoas nas ruas. Desse modo, segundo o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, André Reis, por cautela e com o objetivo de manter a segurança, o período de funcionamento das atividades será menor. 

Serão inicialmente três dias de comércio aberto e quatro dias fechado, e não o contrário. Sentiremos os impactos dessa nova retomada gradual e, nas próximas semanas, se os indicadores assim permitirem, poderemos ir ampliando gradativamente”, informou o secretário André Reis. 

Confira como será a Fase 1 da reabertura do comércio: 

Primeira semana da Fase 1 (de 6 a 8 de agosto):

  • Todo o comércio varejista não contemplado na fase de controle:
  • Estabelecimentos de rua, centros de comércio e galerias de lojas: quinta a sábado, entre 11h e 19h.
  • Comércio atacadista da cadeia do comércio varejista da Fase 1 (incluindo vestuário): quinta a sábado, entre 11h e 19h.
  • Cabeleireiros, manicures e pedicures: quinta a sábado, entre 11h e 20h.
  • Shopping centers, centros de comércio e galerias de lojas: quinta a sábado, entre 12h e 20h. Praças de alimentação funcionarão somente por delivery ou retirada, sem consumo no local.
  • Atividades no formato drive-in: sexta a domingo, de 14h às 23h.

 Segunda semana em diante da Fase 1 (a partir de 12 de agosto):

  • Todo o comércio varejista não contemplado na fase de controle:
  • Estabelecimentos de rua, centros de comércio e galerias de lojas: quarta a sexta,  entre 11h e 19h.
  • Comércio atacadista da cadeia do comércio varejista da Fase 1 (incluindo vestuário): quarta a sexta, entre 11h e 19h.
  • Cabeleireiros, manicures e pedicures: quinta a sábado, entre 11h e 20h.
  • Shopping centers, centros de comércio e galerias de lojas: quarta a sexta, entre 12h e 20h. Praças de alimentação funcionarão somente por delivery ou retirada, sem consumo no local.
  • Atividades no formato drive-in: sexta a domingo, das 14h às 23h.

Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.