Atenção, beneficiários do Bolsa Família, atualização de cadastro volta a ser obrigatória para as pessoas que residem na cidade de Patrocínio, localizadas no interior de Minas Gerais. Dessa forma, todos os segurados devem comparecer até os centros de assistência para renovarem suas documentações.   

publicidade
Atualização cadastral no Bolsa Família volta a ser obrigatória em cidade de MG
Atualização cadastral no Bolsa Família volta a ser obrigatória em cidade de MG (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Mediante a pandemia do novo coronavírus, diversos serviços burocráticos do Bolsa Família foram suspensos. Desde o mês de março, as agências de atendimento ficaram com as atividades suspensas, evitando a contaminação da doença.

No entanto, após um breve controle, as unidades foram reabertas, permitindo que os cadastros voltassem a ser feitos.  

Segundo informações passadas pela prefeitura de Patrocínio, caso esses cidadãos não realizem a atualização, correm o risco de perder o direito ao pagamento do auxílio emergencial. 

Como atualizar meus dados pelo Bolsa Família?  

Para poder atualizar o benefício, os segurados da área urbana devem se dirigir até uma das unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Já no caso dos moradores da zona rural, o procedimento vem sendo feito na Secretaria de Desenvolvimento Social (SMDS). 

O recadastramento é simples, basta apresentar as documentações de identificação pessoal do chefe de família e de seus dependentes.

Além disso, no caso de crianças e adolescentes matriculados na rede pública, é preciso levar os comprovantes de matricula e fichas de frequência.

Para as mulheres gestantes e crianças recém nascidas, a administração do programa solicita os exames médicos atualizados e os cartões de vacina.

É importante ficar atento, pois cada família apresenta um quadro mediante a sua realidade e isso influência nas informações solicitadas.  

A nível geral, o recadastramento verifica ainda os informes de renda, endereço onde reside, situação trabalhista e agora se foi concedido o valor do auxílio emergencial.

Para quem mora na zona rural, a prefeitura está solicitando que, caso tenha feito uma mudança de endereço, atualize tais informações também na Secretaria de Saúde.  

Sobre o Bolsa Família 

Trata-se do principal projeto social do governo federal. Por meio dele, a população de baixa renda tem acesso a liberações financeiras mensais com a finalidade de garantir direitos básicos como saúde, moradia e alimentação. Para participar é preciso estar inscrito no Cadastro Único e atender as exigências do Ministério da Cidadania. 

Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.