INSS estabelece novas regras para retorno das agências no dia 24

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomará o atendimento em agências no dia 24 de agosto, mas apenas para quem fizer agendamento. A regra foi estabelecida para evitar aglomerações. O Instituto possui 800 mil pedidos pendentes. 

INSS estabelece novas regras para retorno das agências no dia 24
INSS estabelece novas regras para retorno das agências no dia 24 (Imagem: Reprodução Google)

O agendamento para atendimento presencial pode ser feito pelo telefone 135 ou pelo aplicativo para celular Meu INSS. De acordo com o presidente do órgão, Leandro Rolim, pessoas com pendências estão sendo contactadas pelo call center do INSS. Entretanto, nem todos conseguem ser encontrados.

Aproximadamente 70% do público que é atendido pelo INSS faz parte do grupo de risco para o coronavírus. Ou seja, possuem mais de 60 anos ou comorbidades. Por isso, a importância da medida. 

O órgão está prestando serviços de forma remota. Há procedimentos, porém, em que o atendimento físico é necessário, como perícia médica.

Outros pedidos também são indeferidos por causa de cadastros desatualizados e pessoas que nem sempre conseguem enviar documentos de forma eletrônica. 

300 mil pessoas que solicitaram o Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo, não conseguiram ter o pedido aprovado.

O benefício é disponibilizado para pessoas com deficiência e que possuem renda familiar de um quarto do salário mínimo per capita. O órgão espera atender todos os 800 mil pedidos pendentes em até três meses.

Regras para retorno do atendimento presencial no INSS

O atendimento remoto foi adotado pelo INSS para proteger a coletividade durante o período de enfrentamento da pandemia causada pelo coronavírus. Mesmo com o retorno do atendimento presencial, os serviços remotos continuarão sendo realizados.

Inicialmente, as agências funcionarão em horário parcial, por seis horas contínuas, mediante agendamento. Ademais, serão retomados serviços que não podem ser realizados por meio dos canais de atendimento remoto.

Por exemplo, perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa, reabilitação profissional, justificação judicial e atendimento relacionado ao monitoramento operacional de benefícios.

A reabertura gradual irá analisar as condições de segurança de cada uma das agências no país.

Serão avaliados o perfil de servidores e contratados, volume de atendimentos realizados, organização do espaço físico, medidas de limpeza e equipamentos de proteção individual e coletiva.

Unidades que não reunirem as condições necessárias para o atendimento do cidadão de forma segura continuarão em regime de plantão reduzido.

Será disponibilizado pelo INSS um painel eletrônico com informações de funcionamento das agências, serviços oferecidos e horário de funcionamento.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.