publicidade

Após permanecer quatro meses fechado, devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), na última terça-feira (28) o Santuário Nacional de Aparecida, localizado no estado de São Paulo, celebrou a primeira missa com presença de público. Aproximadamente 100 fiéis participaram da primeira celebração religiosa de reabertura. 

Santuário Nacional de Aparecida reabre a porta para os fiéis com novas regras
Santuário Nacional de Aparecida retoma as missas com novas regras (Imagem: Thiago Leon)
publicidade

Considerado como o maior templo mariano do mundo, a basílica retornou com as atividades presenciais seguindo protocolo de segurança. Desse modo, os fiéis que foram acompanhar a missa tiveram que usar máscara durante toda a celebração. Aliás, só foi permitido retirar para o momento da eucaristia. 

Na entrada do templo, os devotos precisaram medir a temperatura e, também, fazer a higienização das mãos com álcool em gel.

Ademais, o Santuário Nacional da Aparecida costuma receber, em média, cerca de 12 milhões de peregrinos anualmente. Porém, com o retorno das atividades, agora só pode receber, no máximo, mil pessoas por missa.

Assim, apenas uma das alas da basílica é preenchida. Além disso, os fiéis presentes precisam manter o distanciamento entre si. 

Pontos turísticos do Santuário Nacional de Aparecida permanecem fechados

Apesar do retorno da celebração religiosa no Santuário, os espaços turísticos e comerciais continuam fechados. Sendo assim, o que está permitido, apenas é a visitação à Imagem de Nossa Senhora, Capela das Velas e Sala das Promessas. A loja de venda de velas também segue aberta ao público.

Desse modo, de segunda a sexta-feira, o horário de visitação desses espaços é das 7h às 12h. Aos finais de semanas, os fiéis podem fazer visitação das 7h às 17h

O Santuário está aberto para visitação durante a semana entre 6h às 18h. Já aos sábados e domingos, o horário de funcionamento é das 5h às 20h

Retomada das atividades em Aparecida

Em decreto publicado no final do mês de junho, a Prefeitura da cidade de Aparecida, em São Paulo, estabeleceu um cronograma de reabertura gradual do Santuário Nacional.

Assim, a basílica só pode abrir as portas aos fiéis com capacidade reduzida, e seguindo também os protocolos de segurança adotados no município de combate à pandemia do novo coronavírus

O decreto também autorizou a reabertura de hotéis, pousadas e galerias. Além disso, a tradicional feira livre da cidade está autorizada a retomar, gradualmente, as atividades, com capacidade reduzida a partir do dia 15 de agosto. Todos os estabelecimentos devem seguir o protocolo decretado pela prefeitura. 

Mariana Cristina Rocha dos Santos é formada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo. Possui experiência em comunicação interna e externa no Teatro Carlos Gomes, espaço histórico-cultural capixaba. Além de produção para televisão, com pautas para programa de entretenimento, chamadas televisivas, spot para rádios e mídias sociais na TV Gazeta (afiliada à Rede Globo). Atualmente dedica-se a redação portal FDR.