INSS cria sistema para entrega de documentos presencial em três estados

PONTOS CHAVES

  • O INSS criou uma espécie de drive-thru para receber documentos pendentes
  • Os segurados depositam os documentos faltantes para a análise do seu benefício na urna disponibilizada
  • O atendimento presencial deve voltar a ser realizado no dia 3 de agosto

Na última quinta-feira (23), o INSS informou que suas agências em alguns estados vão disponibilizar uma urna para que as pessoas entreguem documentos pendentes para análise de pedidos. 

INSS cria sistema para entrega de documentos em três estados
INSS cria sistema para entrega de documentos em três estados (Foto: Google)

Esses documentos são os que estão faltando para que os funcionários deem continuidade a solicitação do trabalhador. 

O serviço está sendo denominado de “cumprimento expresso de exigência” e é quase um “Drive-Thru”, para que possam ser agilizadas as conclusões dos processos.

Os documentos deixados não podem ser os originais, apenas cópias. E antes de serem entregues, os segurados devem consultar se há alguma pendência.

No envelope depositado será preciso também informar o nome completo do requerente, e um número para contato.

Recife

INSS cria sistema para entrega de documentos em três estados
INSS cria sistema para entrega de documentos em três estados (Foto: Google)

As urnas serão disponibilizadas para que sejam analisados os requerimentos. Segundo o gerente da agência do INSS de Olinda, José Carvalho, podem procurar as urnas aqueles que não conseguem acessar o aplicativo Meu INSS.

“Todas as pessoas que estão com pendências de exigências de documentos, poderão se dirigir as agências do INSS nesse período antes da abertura das 7h às 13h trazendo documentação. Então eles trazem para cá e depositam nessa urna após preencherem o formulário onde vai constar o nome dele, CPF, endereço, telefone de contato e uma discriminação dos documentos que estão sendo juntadas”, informou o gerente. 

As urnas vão ficar nas agências de segunda a sexta-feira das 7h às 13h. A previsão é que as agências do INSS fechadas desde o dia 23 de março, reabram a partir do dia 3 de agosto, mas com restrição no atendimento.

INSS em São Paulo

Outro estado em que o INSS criou uma espécie de drive-thru para que possam receber os documentos das pessoas que estão com pendências em seus pedidos. 

Todas as agências no estado passam a contar com urnas nas quais os solicitantes podem depositar um envelope com a documentação exigida pelo instituto.

Só assim será possível dar prosseguimento à análise do benefício. A ideia do instituto é agilizar a análise de benefícios que estão parados por falta de documentação.

  • Fora do envelope, é necessário constar os seguintes dados: 
  • Nome completo do segurado 
  • CPF do segurado 
  • Endereço completo com CEP 
  • Número do telefone do segurado com o DDD, ou telefone para recado com o nome de quem o receberá 
  • Endereço de e-mail, se tiver 
  • Data em que o envelope está sendo deixado na agência.

De acordo com o INSS, não terá funcionário à disposição para orientar os segurados e não será fornecido nenhum protocolo de atendimento depois que o envelope for colocado na urna. 

As cidades que não tiverem agência, a entrega poderá ser feita por meio do envelope pelos correios para a Superintendência do INSS em São Paulo: Viaduto Santa Efigênia, 266, 2º andar, Centro, São Paulo, CEP 01033-050.

Aracaju

Nesta segunda-feira (27), as agências do INSS vão disponibilizar em Aracaju e na Região metropolitana a urna para o depósito de cópias de documentos necessários para a análise dos benefícios. 

Os segurados poderão comparecer a uma agência de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 13h, levando uma cópia legível e sem rasuras do documento pendente.

Depois da entrega, o segurado poderá acompanhar o andamento do processo pelo Meu INSS ou pelo 135.

Agências

As agências do INSS estão fechadas desde março e estão previstas para abrirem suas portas no dia 13 de julho, porém a data foi adiada por mais 30 dias e está prevista para acontecer no dia 3 de agosto.

Nessa reabertura será retomado cerca de 80% do atendimento. Na primeira fase de reabertura gradual, serão priorizados os serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional.

Na volta, o atendimento será agendado, e as pessoas sem agendamento não serão atendidas nas agências para evitar aglomerações, conforme determinações do Ministério da Saúde.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.