UFSCar divulga novo calendário letivo com início das aulas em 31 de agosto

Na última quinta-feira (23), o Conselho de Graduação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) aprovou em uma reunião, a criação de um novo período remoto para o ano letibvo, com início em 31 de agosto e término em 16 de janeiro. 

UFSCar divulga novo calendário letivo com início das aulas em 31 de agosto
UFSCar divulga novo calendário letivo com início das aulas em 31 de agosto (Foto: Google)
publicidade

Foram pautadas também as regras para disponibilizar computadores, garantir o acesso à internet e bibliotecas digitais para os alunos em situação de vulnerabilidade socioeconômica. 

Além disso, foram tratados assuntos como as diretrizes acadêmicas para as aulas remotas e a finalização das etapas de ingresso do Sisu 2020, pois só foram feitas a 1ª, 2ª e 3ª chamadas.

As chamadas 4 e 5 possuíam etapas presenciais, por conta disso tiveram que ser suspensas, a substituição destas etapas presenciais por etapas remotas está sendo avaliada.

No mês passado, o Conselho de Graduação disse que até o final do ano não haverá aulas presenciais.

No primeiro semestre a instituição já tinha recorrido às aulas remotas, mas para os alunos de disciplinas não obrigatórias. 

Agora, a reunião realizada visou a dicussão sobre as aulas remotas paras as disciplinas obrigatórias.

O vice-reitor da UFSCar,Walter Libardi, concedeu uma entrevista à EPTV e disse que “É uma questão muito delicada essa decisão nossa da volta às aulas, porque a universidade tem várias dificuldades, os cursos têm as suas especificidades. Você não pode decidir alguma coisa em relação a um determinado curso, sendo que o outro curso tem outra demanda”, afirmou.

Essa incerteza preocupa os quase 15 mil alunos de graduação da universidade, principalmente aqueles que não são da cidade e não sabem se retornam ou não para suas casas.

As aulas nos 4 campi, São Carlos, Sorocaba, Buri e Araras foram suspensas no dia 16 de março por conta da pandemia do novo coronavírus.

A UFSCar 

A UFSCar foi fundada em 1968 e até hoje é a única universidade federal do interior do estado de São Paulo.

Em 1970 a universidade recebeu seus primeiros alunos para os cursos de Licenciatura em Ciências e Engenharia de Materiais, que na época era a primeira instituição da América Latina a oferecer o curso.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.