Carnaval de São Paulo é adiado; veja previsão para nova data em 2021

Na sexta-feira (24), a prefeitura de São Paulo anunciou que vai adiar o carnaval do próximo ano por conta da pandemia. O carnaval é a festa mais popular do Brasil, e estava previsto, como de costume, para acontecer no mês de fevereiro.

Carnaval de São Paulo adiado! Escolas de samba não desfilarão em fevereiro
Carnaval de São Paulo adiado! Escolas de samba não desfilarão em fevereiro (Foto: Google)

A nova data ainda não foi anunciada, mas a Liga das Escolas de Samba da capital sugeriram que seja realizada no final de maio ou começo de julho. Os blocos de carnaval de rua também foram consultados e concordam com o adiamento.

O prefeito Bruno Covas disse que “Estamos falando de um desfile que no ano passado levou 120 mil pessoas e trouxe um benefício econômico de 207 milhões de reais, e blocos de carnaval que juntaram 15 milhões de pessoas, com um benefício de 2 bilhões de reais”.

Cerca de duas semanas, a festa do ano novo que é realizada há mais de vinte anos na Avenida Paulista foi cancelada

Sem a vacina disponível, não há a possibilidade do poder público garantir que não tenha aglomeração nas grandes celebrações.

Os eventos como a Parada do Orgulho LGBT+ e a Marcha para Jesus devem ser realizados online. 

O governador do estado, João Doria (PSDB) já tinha antecipado que o Carnaval só será realizado no estado após a vacina. 

“Não é hora de festas, encontros e celebrações. Nós não temos de celebrar o ano novo nem o Carnaval diante de uma pandemia. Apenas com uma vacina pronta, aplicada e a imunização feita é que poderemos ter festas que fazem parte do calendário do país, mas neste momento, não”, afirmou o governador no último dia 15.

Adiamento do carnaval em outros estados

No Rio de Janeiro, as escolas de samba que integram o Grupo Especial, adiaram para o mês de setembro a decisão do evento. 

De acordo com as representantes das 12 escolas, por conta da indefinição causada pela pandemia da coronavírus e enquanto não houver vacina para combater a doença, as datas previstas dos desfiles do ano que vem, 14 e 15 de fevereiro, podem não ser mantidas.

Em Salvador, uma das capitais mais tradicionais do carnaval do país, deve anunciar o adiamento da festa.  

O prefeito, ACM Neto, disse em entrevista coletiva que “se não houver vacina ou clareza em relação à imunidade coletiva até o mês de novembro, então pode ser que a prefeitura não tenha elementos de segurança para manter o carnaval”.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.