Bares e restaurantes retornam atendimento no Distrito Federal; conheça as regras

Nesta quarta-feira (15), os bares e restaurantes do Distrito Federal (DF) reabriram as portas, depois de 117 dias de quarentena. Porém, esse novo normal de nossa sociedade afastou muitas pessoas.

Bares e restaurantes retornam atendimento no Distrito Federal; conheça as regras
Bares e restaurantes retornam atendimento no Distrito Federal; conheça as regras (Foto:Google)

Os estabelecimentos precisam seguir algumas regras, que serão fiscalizadas por meio de agentes do Governo do Distrito Federal, caso queiram manter as suas atividades.

Essas medidas são tomadas para evitar que o número de infectados e mortos por conta do coronavírus cresça ainda mais na capital.

Uma boa parte dos estabelecimentos comerciais da entrequadra 109/110 Norte, no Plano Piloto, decidiram se manter com as portas fechadas, mesmo com a autorização de retomada. Diversos deles desejam continuar atendendo por delivery.

O restaurante Indian House, por exemplo, tem colocado novas normas em prática. O estabelecimento terá menos mesas disponíveis, para que o distanciamento seja respeitado de forma horizontal e vertical.

Assim como a limpeza constante que é outra medida de segurança adotada, mesmo com poucos clientes. O álcool em gel deve ser ofertado para todos os frequentadores também.

Entre outras regras que devem ser depositadas pelos comerciantes é que as mesas sejam limpas antes e depois do uso dos clientes.

Com a ideia de evitar aglomeração, o funcionamento deve ser limitado a 50% da capacidade total do bar ou restaurante. Também, não será permitido música ao vivo em nenhum desses ambientes.

Os locais devem priorizar a ventilação natural do local, isso evita o uso do ar-condicionado. Se o estabelecimento precisar utilizá-lo, a limpeza dos filtros devem ser realizadas diariamente.

Os cardápios devem ser higienizados a cada cliente. Os bares e restaurantes estarão obrigados a revestir os menus com material que possa fazer a limpeza com álcool depois de cada refeição.

Os funcionários devem fazer o uso de máscara, luvas e touca. Para os clientes devem ser ofertadas luvas descartáveis de plástico ou guardanapos de papel na entrada do buffet. 

As embalagens de condimentos, como ketchup e mostarda, também devem ser higienizados adequadamente após o uso de cada cliente.

As filas, na entrada e no momento do pagamento, devem ser evitadas. Caso não seja possível, o estabelecimento deve obrigar o monitoramento e cobrar que os clientes cumpram o distanciamento social de dois metros.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.