FGTS emergencial NÃO caiu na conta dos trabalhadores após verificação de falhas

O prazo para a Caixa depositar o FGTS emergencial na conta dos trabalhadores nascidos em janeiro, fevereiro e março, já deveria ter sido feito. Apesar disso, alguns beneficiários estão reclamando que foram comunicados que o pagamento será feito em outra data, sem mais explicações.

FGTS emergencial NÃO caiu na conta dos trabalhadores após verificação de falhas
FGTS emergencial NÃO caiu na conta dos trabalhadores após verificação de falhas (Foto:FDR)

A Caixa foi procurada pelo UOL e declarou que o calendário de pagamento não foi alterado, mas que os trabalhadores que estão com os seus cadastros incompletos, “o crédito foi reprogramado para o calendário seguinte, condicionado à complementação dos dados no app FGTS”.

Após a divulgação das regras do FGTS emergencial, a Caixa não orientou os trabalhadores para que pudessem completar seus cadastros. 

A abertura da poupança digital e o depósito deveriam ser automáticos. O banco tinha orientado apenas as pessoas que não gostariam de receber que avisasse pelo aplicativo do FGTS.

Conforme o banco informou, alguns trabalhadores podem estar com as informações divergentes em seu cadastro, como endereço, nome da mãe, data de nascimento e etc.

A situação pode ser consultada pelo trabalhador em três formas:

  • Telefone 111 
  • Aplicativo FGTS (disponível para sistemas Android e iOS) 
  • Site do FGTS.

FGTS Emergencial

Inicialmente, em abril, o governo publicou uma medida provisória que liberava os saques extraordinários das contas do FGTS, entre os dias 15 de junho até o dia 31 de dezembro.

Essa nova liberação aconteceu por conta da pandemia causada pelo coronavírus e o calendário foi definido para evitar aglomerações.

Poderão fazer os saques os trabalhadores que tenham contas ativas, do emprego atual, ou inativas, de empregos anteriores do FGTS. 

O valor a ser retirado pelos trabalhadores não poderá passar de R$1.045, para cada um.

Para evitar que tenha aglomerações nas agências, o banco definiu datas diferente para a liberação dinheiro na conta e para o saque em espécie ou transferências desses valores.

Como receber?

A Caixa vai fazer o pagamento pela conta poupança digital. Essa poupança é uma modalidade simplificada, que é aberta para quem recebe benefícios do governo, porém a conta tem um limite de saldo e movimentação.

De acordo com a Medida provisória que autorizou que o pagamento fosse feito por essa conta, o limite mensal de movimentação para essa modalidade de poupança foi ampliado de R$ 3 mil para R$ 5 mil.

A conta é aberta automaticamente pelo banco para todos que tem direito ao saque. A movimentação do dinheiro poderá ser feita pelo aplicativo “Caixa TEM”.

De acordo com o governo, o objetivo dessa conta  é agilizar os pagamentos e evitar aglomerações em meio a pandemia que estamos vivendo com o coronavírus.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.