Bilionários criam movimento pedindo impostos sobre suas riquezas; como isso funciona?

Em meio a uma das maiores crises da história, ricos fazem apelo para reajustar os valores dos impostos. Nessa semana, uma reunião de ministros das Finanças do G20 e de uma cúpula europeia extraordinária, recebeu uma carta solicitando um aumento tributário para pessoas com grandes fortunas. 

Bilionários criam movimento pedindo impostos sobre suas riquezas; como isso funciona? (Imagem: Reprodução - Google)
Bilionários criam movimento pedindo impostos sobre suas riquezas; como isso funciona? (Foto: Patrick T. Fallon / Bloomberg)

O texto contou com a assinatura de mais de 80 bilionários, que desejavam se voluntariar para minimizar os impactos do novo coronavírus pelo mundo.  

A carta aberta solicitava que os governadores e demais gestores passassem a cobrar mais caro pelos impostos para pessoas que tinham grandes fortunas. Segundo os representantes, a iniciativa teria como finalidade ajudar na crise econômica mundial do covid-19 e deverá ser analisada em breve.  

Entre os signatários, estavam o cofundador de sorvetes Ben e Jerry’sJerry Greenfield, o roteirista britânico Richard Curtis e a herdeira do império Disney, Abigail Disney, junto com mais 80 empreendedores e criadores americanos. 

“Não, não somos nós que cuidamos dos doentes nas salas de terapia intensiva. Não somos nós que dirigimos as ambulâncias (…) não estamos reabastecendo as prateleiras dos supermercados, ou entregando comida de porta em porta, mas temos dinheiro, muito dinheiro. Dinheiro que é desesperadamente necessário agora e continuará sendo necessário nos próximos anos, enquanto nosso mundo se recupera dessa crise“, escreveram.  

O texto também está disponível na internet e solicita a assinatura dos usuários para reforçar o pedido. O grupo, intitulado como “Milionários pela Humanidade“, afirmam ter um papel essencial para ajudar a financiar a recuperação da economia mundial.  

Elevação dos impostos  

Em algumas regiões do globo, os impostos já estão sendo reajustados. No Reino Unido, por exemplo, o Instituto de Estudos Fiscais mostrou que se os tributos fossem aumentados para os ricos, haveria uma retomada econômica mais eficaz.  

Já na Espanha, o ministro Pedro Sánchez, informou que o governo está avaliando atualizar a tabela de cobranças não só para as pessoas com maior poder aquisitivo.  

No Brasil, até o momento o ministro Paulo Guedes não aplicou alterações. No entanto, também mencionou que deseja fazer uma reforma tributária, mesmo antes da chegada da pandemia do novo coronavírus 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.