publicidade

A conta PJ do Banco Inter possui uma série de benefícios. Por isso, em tempos de crise financeira, o portal FDR trouxe algumas funcionalidades que podem ser muito interessantes aos empreendedores.

Banco Inter oferta lista de gratuidades na conta PJ; confira!
Banco Inter oferta lista de gratuidades na conta PJ; confira! (Fofo: Google)
publicidade
  1. TEDs e boletos gratuitos todo mês

Um dos serviços que mais gera custos nas contas de um empreendedor é o valor de taxas por transferências bancárias. O Banco Inter oferece 100 TEDs e 100 boletos a cada mês, livres de tarifas. Além disso, há também um cartão Mastercard para as compras em débito.

  1. Taxas especiais

Outro ponto importante é o valor das taxas nas maquininhas de cartão. Elas costumam ser mais baixas e o banco possui algumas parcerias com determinadas bandeiras, o que reduz ainda mais o valor a ser pago por operação.

  1. Recebimento por celular

É possível receber seu dinheiro por meio de QR Code e sem nenhum custo extra. O dinheiro fica disponível na conta na hora, mesmo que seja final de semana ou feriado.

  1. Personalização

É possível personalizar o seu acesso à conta. Em resumo, dá para criar perfis com as permissões que quiser para visualizações e movimentações. Dessa forma, você consegue montar um perfil que seja ideal e prático para seu modo de trabalhar.

Solicitar conta digital no Banco Inter

A maneira mais fácil de se conseguir uma conta PJ no Banco Inter é através de um convite. Para isso, basta acessar a página da empresa e buscar a opção ‘Abrir conta PJ gratuita’ e clicar nela.

As solicitações são analisadas pela empresa e o solicitante recebe um e-mail com o retorno. Nesta notificação, são enviados todos os procedimentos a serem realizados para o andamento da abertura da conta.

Vale lembrar que o C6 Bank utiliza das informações inseridas no convite para analisar o pedido. Por isso, é muito importante que os dados sejam revisados antes do envio.

É importante, principalmente, que o empreendedor se atente aos dados de CPF e e-mail, pois são os mais importantes em um primeiro momento.

Além disso, é preciso que a Razão Social seja preenchida exatamente da mesma forma em que aparece no cadastro de CNPJ. Caso tenha dúvidas, lembre-se de consultar o nome exato no seu CNPJ nos seus registros.

 

 

COMENTÁRIOS