PIX vai liberar pagamentos e saques nas lojas; conheça detalhes desta nova solução

PONTOS CHAVES

  • PIX é um sistema de pagamentos lançado pelo Banco Central 
  • Transferências entre pessoas não terá cobrança de taxas 
  • Cartões de crédito e débito serão oferecidos em parceria com o PicPay

O Banco Central em parceria com o Banco Original lança em novembro deste ano, o PIX um sistema de pagamentos instantâneo que vai permitir que as pessoas realizem saques em lojas físicas. De acordo com o presidente do Banco Central, Roberto Campos, todos os detalhes sobre os saques em lojas será divulgado em agosto. Saiba mais sobre a novidade aqui.

PIX vai liberar pagamentos e saques nas lojas; conheça detalhes desta nova solução
PIX vai liberar pagamentos e saques nas lojas; conheça detalhes desta nova solução (Foto Google)

Este novo sistema de transferências e pagamentos instantâneos vai permitir que as operações possam ser feitas todos os dias úteis, feriados e finais de semana sem limite de horário. Pessoas físicas e empresas poderão usufruir da novidade.

Para as compras realizadas no Brasil, os usuários precisam pagar em dinheiro, utilizar cartões ou quitar boletos. As transferências de dinheiro entre pessoas ou empresas com contas em diferentes bancos, possui limitação de horário.

“O que posso adiantar é que essa facilidade visa a trazer mais eficiência, por meio da reutilização do dinheiro no varejo e do aproveitamento dessa rede, e fomentar a competição, ampliando as opções e a capilaridade das instituições para ofertarem o saque. Além disso, tem potencial de reduzir ainda mais o custo logístico e operacional com a distribuição de numerário”, explicou o presidente Campos Neto.

Transferências de pessoa para pessoa não terá taxas

Segundo Campos Neto, as transferências entre pessoas físicas que usem o PIX será gratuito. Ele espera que as instituições que vão participar do PIX criem modelos de negócio e estratégias eficientes e que sejam atrativas economicamente.

As empresas que solicitaram participação no PIX e que não foram aceitas podem realizar um novo pedido em 1º de dezembro. Campos Neto pede que estas empresas consultem os requisitos exigidos e que se adequem para participar e assim ampliar o acesso ao PIX.

Parceria com o PicPay vai oferecer cartões de crédito e débito

As novidades do PIX não param por aí e uma parceria com a PicPay, que se tornou a maior carteira digital do Brasil e que é controlada pelo Banco Original, começou a testar ofertas digitais e instantâneas de cartões múltiplos (Crédito e Débito), em suas versões físicas ou digitais para um grande número de usuários das contas do PicPay que não precisam necessariamente ser correntista do Banco Original.

O Banco Original é uma das instituições que receberam homologação do Banco Central para realizar os testes do PIX. Além de soluções próprias, o Banco Original estuda ofertar sua plataforma de APIs (“Application Programming Interface”), que já se baseia no conceito de Open Banking.

Desta forma, outras empresas vão poder utilizar a infraestrutura do Original como por exemplo o “Bank as a Service” (serviços bancários que serão oferecidos via plataformas digitais de parceiros), para criar novas soluções financeiras e utilizar o sistema de pagamentos instantâneos.

“Esse lançamento está alinhado com o propósito do Original de trazer inovações para o sistema financeiro que simplifiquem e melhorem a relação dos consumidores com suas finanças e promova a inclusão financeira tão necessária no País neste momento. E ao construirmos um ecossistema de parceiros, que poderão acessar nossas APIs para criar serviços diferenciados, queremos acelerar esse processo, beneficiando os consumidores e gerando novos negócios para fintechs”, explicou o diretor-executivo de TI, produtos, open banking e operações do Banco Original, Raul Moreira.

Foto Google

Testes não eram obrigatórios no PIX

Raul falou que o banco decidiu aderir aos testes voluntários, pois acredita que o PIX é uma maneira de democratizar o acesso aos serviços financeiros. Ele acredita que o novo sistema de pagamentos será uma importante ferramenta que ajudará a incluir cerca de 50 milhões de pessoas em todo o Brasil que ainda não utilizam nenhuma solução financeira digital.

O Banco Original avalia que a oferta do sistema PIX não entra em atrito com a continuidade da promoção da inclusão financeira, acesso ao crédito e aumento no poder de compra dos consumidores por meio dos sistemas de cartões.

Banco Original

O Banco Original tem atualmente cerca de 3,5 milhões de clientes, e foi o pioneiro no Brasil a oferecer abertura de conta corrente 100% digital. O banco atua nos segmentos varejo (pessoa física e empreendedores), empresas (pequenas, médias e grandes empresas) e fintechs (através da unidade Bank as a Service).

O aplicativo Banco Original, é o mais completo entre os bancos digitais, e está disponível para iOS como também para Android. Esse app permite a solicitação de abertura de conta e sua plena movimentação (pagamentos, transferências, empréstimos, investimentos, entre outros).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.