Empréstimo para capital de giro de micro empresas será ampliado no BNDES

Pequenos e médios empresários ganharão novos recursos promovidos pelo BNDES. Nessa semana, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social informou que irá ampliar o valor da linha de crédito ofertado para os empreendedores durante a crise do novo coronavírus. De acordo com o comunicado, o serviço contará com um acréscimo de R$ 5 bilhões, ofertados exclusivamente para que as micro empresas, e as de pequeno e médio porte no uso de capital de giro.  

publicidade
Empréstimo para capital de giro de micro empresas será ampliado no BNDES (Imagem: Reprodução - Google)
Empréstimo para capital de giro de micro empresas será ampliado no BNDES (Imagem: Reprodução – Google)

De acordo com o presidente do banco, Gustavo Montezano, a decisão tem como finalidade auxiliar os clientes do BNDES durante o tempo da pandemia. Em uma live realizada nesta quinta-feira (25), o gestor afirmou que os primeiros R$ 5 bilhões ofertados já foram praticamente esgotados 

“Quando abrimos a linha de cinco bilhões, a gente tinha certeza que ela ia ficar até dezembro, mas dado que a crise se agravou tanto e foi tão dramática, ela acabou, esgotando em duas semanas e naturalmente vamos expandir mais cinco bilhões”, disse ele durante uma transmissão do BTG Pactual pela internet. 

publicidade

Questionado sobre como a instituição fará para retomar sua rotatividade econômica, Montezano afirmou que tal procedimento será feito a partir da estabilidade da bolsa de valores. De acordo com ele, quando o período de volatilidade das ações se encerrar, a quantia ofertada será retomada.  

“A gente vai retomar a agenda e até 2022 a carteira vai estar bem mais reduzida“, afirmou. 

Outro ponto comentado pelo gestor foi sobre a disponibilidade do créditoMontezano reforçou que o valor é livre para que as micro empresas escolham como investir, mas relembrou a importância de garantir o capital de giro.  

Os empréstimos estão sendo disponibilizados para todas as marcas que tenham um faturamento anual de até R$ 300 milhões. Até agora, dos R$ 5 bilhões, R$ 4,6 bilhões já foram liberados. Cada empresa pode até acesso a até R$ 70 milhões, com carência de 24 meses e pagamento de até 60 meses.  

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Segundo o último balanço feito pelo BNDES, dos envios realizados, 63% se destinaram às médias empresas, 29% às pequenas e outros 7% às microempresas, diz o banco. 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!