Ainda não se inscreveu no auxílio emergencial? Prazo termina em breve; veja como fazer

Aqueles que podem receber o auxílio emergencial e ainda não fizeram sua inscrição no programa devem ficar atentos, pois terão pouco tempo para que isso possa ser feito. O prazo para realizar a inscrição é até 2 de julho. 

Ainda não se inscreveu no auxílio emergencial? Prazo termina em breve; veja como fazer
Ainda não se inscreveu no auxílio emergencial? Prazo termina em breve; veja como fazer (Foto: FDR)

Após essa data, de acordo com a Caixa Econômica Federal, tanto o site quanto o aplicativo serão usados apenas para acompanhar o processamento e o pagamento do benefício.

O Ministério da Cidadania não informou se depois desse período ainda vai ser possível realizar a contestação caso o pedido do auxílio seja negado.

O governo já afirmou que vai prorrogar o pagamento do benefício para mais 3 parcelas, porém ainda precisa decidir o valor a ser pago. 

Se o pagamento for realmente estendido, o prazo para fazer o cadastro também será ampliado. 

A ideia da prorrogação que o presidente Jair Bolsonaro mais se agradou foi a de pagamento escalonado decrescente em três parcelas, ou seja, a primeira em julho seria de R$500, a segunda em agosto de R$400 e a última em setembro seria de R$300.

O presidente já afirmou que não é possível estender o benefício e continuar com as parcelas de R$600.

Como me cadastro para receber auxílio emergencial?

O cadastro pode ser feito pelo site da Caixa ou pelo aplicativo. Ao acessar o site ou aplicativo, você irá clicar em “Realizar sua solicitação”, após isso será direcionado para uma página com os requisitos de quem pode solicitar.

Na próxima página, o trabalhador informal deve preencher dados como nome completo, CPF e data de nascimento. Confirmar que não é um robô e avançar.

Em seguida, é necessário preencher o número do celular para receber um código de verificação por SMS, ao chegar código de verificação deve ser colocado no campo “código recebido”.

É preciso que o trabalhador informe a renda, o ramo de atividade (as opções são Agricultura e Pecuária, Extrativismo/Pesca, Comércio, Produção de Mercadorias, Prestação de serviços, Trabalho Doméstico, Outros), estado e cidade.

Logo em seguida os dados dos integrantes da família que moram com ele devem ser colocados.

Na próxima página, o trabalhador escolhe se quer receber em conta já existente ou criar uma poupança digital.

Após informar a opção, trabalhador deve fornecer seu documento (RG ou CNH). Depois aparece um resumo dos dados informados e por último a página informando que seu pedido está em análise. 

Não há expectativa de quando essas novas inscrições no auxílio emergencial serão liberadas. O tempo médio de espera é de vinte dias. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA