Auxílio emergencial bloqueia acesso ao FGTS de R$1.045? Saiba aqui!

Fazendo parte do conjunto de benefícios liberados pelo governo federal durante a pandemia do novo coronavírus, o auxílio emergencial e o saque emergencial do FGTS estão causando dúvidas para diversos brasileiros.

Auxílio emergencial bloqueia acesso ao FGTS emergencial? Saiba aqui! (Reprodução/Internet)
Auxílio emergencial bloqueia acesso ao FGTS de R$1.045? Saiba aqui! (Montagem/FDR)

Afinal, o recebimento do auxílio emergencial impacta neste novo saque? A resposta do governo federal para esta pergunta é não. Isto porque desde que o cidadão tenha se enquadrado nos critérios de recebimento do FGTS ele poderá sacar normalmente.

Portanto, não importa se o trabalhador está empregado ou não. O que deve ser observado é se há dinheiro em conta. Tendo esse valor, ele irá receber. Mas um ponto importante a entender é que o auxílio emergencial não é liberado para todos.

Podem receber o auxílio de até R$ 1,2 mil os brasileiros cuja renda não ultrapasse meio salário mínimo, no qual não tem vinculo empregatício com nenhuma empresa. Deve ser, portanto, trabalhador informal ou desempregado.

Como receber o FGTS

A liberação do saque é destinada, como mencionado, a todos com saldo em conta. Para conferir, é necessário realizar consulta através do site do FGTS www.fgts.caixa.gov.br, pelo telefone Caixa 111, por meio do aplicativo do FGTS ou até mesmo pelo Internet Banking.

O valor será depositado por meio na poupança digital da Caixa, gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem. Vale destacar que não é obrigatório o saque. O fluxo de recebimento é definido da seguinte forma:

A Caixa Econômica Federal, banco responsável pelo repasse, definiu dois calendários diferentes para o recebimento. Inicialmente o benefício será liberado para os seguintes procedimentos antes da espera da liberação do saque. Quando o crédito cair em conta, o usuário poderá realizar:

  • Pagamentos de boletos
  • Utilização do cartão de débito para compras online
  • Utilização de sistema QR Code para pagamentos presenciais em lojas conveniadas

Quando liberado o calendário de saques e transferências o procedimento será realizado através do app Caixa Tem. Por lá, o beneficiário irá detalhar que deseja sacar a quantia e o app gera um código que será usado para retirada dos valores em casas Lotéricas e agências.

Calendário de depósito no Caixa TEM

Mês de nascimento Crédito em conta poupança Saque ou transferência
Janeiro 29 de junho 25 de julho
Fevereiro 6 de julho 8 de agosto
Março 13 de julho 22 de agosto
Abril 20 de julho 5 de setembro
Maio 27 de julho 19 de setembro
Junho 3 de agosto 3 de outubro
Julho 10 de agosto 17 de outubro
Agosto 24 de agosto 17 de outubro
Setembro 31 de agosto 31 de outubro
Outubro 8 de setembro 31 de outubro
Novembro 14 de setembro 14 de novembro
Dezembro 21 de setembro 14 de novembro

AvatarREDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.