Entenda porque alguns comércios foram abertos em SP e outros estão proibidos!

Com a reabertura gradual da atividade econômica, e principalmente dos shoppings no estado de São Paulo (SP), surge uma questão: porque os parques ainda permanecem fechados?

Entenda porque alguns comércios foram abertos em SP e outros estão proibidos!
Entenda porque alguns comércios foram abertos em SP e outros estão proibidos! (Foto: Google)

Esta pergunta surge justamente por conta das evidências científicas que informam que a possibilidade de transmissão é muito menor em locais abertos.

Mesmo com essa constatação, os parques que estão fechados desde o começo da pandemia, não possuem uma definição a respeito de sua reabertura mesmo com os paulistanos já autorizados a frequentar o comércio e os shoppings.

Muitas pessoas alegam que a prática esportiva e a caminhada ao ar livre trariam efeitos positivos que são importantes para a saúde da mente e do corpo.

Na última semana, o chefe do Centro de Contingência da Covid-19 de São Paulo, Carlos Carvalho, afirmou que estava estudando a reabertura dos parques para que seja mantida as regras de segurança e o distanciamento social.

O governador do estado João Dória (PSDB) também falou sobre o assunto na última segunda, 22, e disse que está avaliando a abertura dos parques públicos:

“É um tema que está sendo discutido neste momento junto com as prefeituras, a começar pela capital de São Paulo. E obviamente com a Secretaria de Meio Ambiente do estado. Não há uma decisão deliberada, mas o tema está em debate”, explicou Dória no Palácio dos Bandeirantes.

Abertos X Fechados em SP

No Plano São Paulo que definiu todas as fases de reabertura das atividades com base em sua relevância econômica e risco de contaminação, não estão inclusos os parques em nenhuma das fases.

O professor Nabil Bonduki da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, argumenta que os parques deveriam ter sido reabertos antes dos shoppings e do comércio de rua, porém ele afirma que isto aconteceu devido a pressão do setor em cima do prefeito Bruno Covas e do governador João Dória.

Mesmo defendendo a reabertura dos parques, ele afirma que é importante que as regras e os protocolos de segurança sejam seguidos para que não aja um maior risco de contágio do coronavírus em SP.

“Seria necessário fazer algum tipo de controle de acesso, só um portão para entrada e outro com saída, e tempo máximo de permanência. Não faz sentido o Minhocão ficar totalmente deserto aos finais de semana”, afirmou.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.