Bolsa Família finaliza pagamento do auxílio emergencial para mais um grupo

A Caixa Econômica realiza hoje, 24, mais um pagamento da terceira parcela do auxilio emergencial para os inscritos no Bolsa Família. Os pagamentos seguem o dígito final do NIS (Número de Identificação Social), e hoje é a vez dos beneficiários final 6.

Bolsa Família finaliza pagamento do auxílio emergencial para mais um grupo
Bolsa Família finaliza pagamento do auxílio emergencial para mais um grupo (Imagem: FDR)

Calendário de pagamentos do Bolsa Família nessa semana

  • HOJE: NIS final 6
  • dia 25: NIS final 7
  • dia 26: NIS final 8

Terceira parcela segue indefinida para outros beneficiários

Os trabalhadores que se inscreveram para receber o auxilio ainda não sabem quando receberão a terceira parcela. Os dois últimos lotes de pessoas aprovadas para o auxilio, e que receberam a a primeira parcela depois do dia 30 de abril, ainda não sabem também as datas de recebimento da segunda parcela.

De acordo com a Caixa Econômica, a Dataprev processou 106,3 milhões de dados de solicitantes do auxilio emergencial. 64,1 milhões do total considerado apto para o recebimento estão 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 10,5 milhões do Cadastro Único e 34,4 milhões de trabalhadores que solicitaram a ajuda através do site ou aplicativo do programa.

Cerca de 42,2 milhões de cadastros não foram aprovados, entre eles estão 19,9 milhões de pedidos realizados pelo site ou app do auxilio.

Aguardam a reanálise da DataPrev 1,3 milhão de cadastros que foram feitos pelo site ou app e por fim 1,8 milhão estão esperando pela primeira análise.

Para consultar o andamento do seu pedido, o trabalhador pode acessar o site ou entrar no aplicativo do auxilio emergencial.

Parcelas extras definidas

Após várias especulações, o governo decidiu que haverão mais duas parcelas de R$300. Os custos com estas duas parcelas extras será de R$51 bilhões, de acordo com fontes próximas da equipe econômica.

Os primeiros a receber são os inscritos no Bolsa Família, seguindo novamente o último digito do NIS (Número de Identificação Social).

Na sequência, o dinheiro será creditado na conta poupança digital dos trabalhadores informais, seguindo o mês de nascimento. Através do Caixa Tem e do cartão de débito virtual, será possível pagar contas e fazer compras.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.