INSS: Senado vota ampliação no crédito para empréstimos consignados

Novidades podem chegar para os aposentados e pensionistas do INSS, o Instituto Nacional do Seguro Social. O Senado Federal deve votar nesta terça-feira (16) um projeto de lei que visa aumentar o crédito para este público em empréstimos consignados.

publicidade
INSS: Senado vota ampliação no crédito para empréstimos consignados (Reprodução/Internet)
INSS: Senado vota ampliação no crédito para empréstimos consignados (Reprodução/Internet)

De acordo com o texto, a previsão é de que haja um reajuste de 10% a mais nos valores das operações junto aos bancos e instituições financeiras. É importante lembrar que este tipo de modalidade de empréstimo, ligada aos beneficiários do INSS, é uma das que mais movimentam o setor nos últimos anos.

Apenas em 2019, de acordo com dados do Banco Central, cerca de R$ 137 bilhões foram movimentados e a expectativa é de realizar um crescimento de forma considerável junto com a pandemia do novo coronavírus, onde os solicitações aumentaram.

publicidade

Esta contratação se dá em torno dos grupos que precisam dos valores para tentar reorganizar as dívidas com terceiros, e não entrar em cheque especial e outros meios com os problemas financeiros.

O projeto apresentado é de autoria da Câmara Federal e é detalhado na lei 2017/20. O Senado irá apresentar o texto junto a MP 936, que trata da redução de salários e jornada de trabalho.

Caso a votação seja favorável, percentual passará de 30 para 40% no desconto na folha de pagamento dos benefícios direcionados da previdência social, nos quais aposentados e pensionistas recebem. Ainda incide aumento de 10% nos valores de empréstimo.

É importante lembrar que para avançar mais rápido no Congresso Nacional, houve apoio do presidente Rodrigo Maia (DEM/RJ) e de líderes de bancadas. Além disto, texto foi de autoria do Deputado Capitão Alberto Neto. Entenda o cenário:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

  • Atualmente: 35%, sendo nos 30% empréstimos e 5% para o cartão de crédito;
  • Caso aprovado: 40%, sendo 35% no empréstimo e mais 5% no cartão de crédito

O texto ainda destaca e taxas de juros reduzidas para 1,80% ao mês e ampliação no prazo de pagamento em até 84 meses, equivalente a sete anos. Medidas foram aprovadas de forma emergencial, em março, no início da crise pela pandemia da Covid- 19.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.