Ações da Cielo disparam no começo da semana e investidores se animam

Nessa segunda-feira (15), o whatsapp informou que sua nova atualização permitirá pagamentos online através do aplicativo. Para isso, a rede realizará uma parceria com algumas fintechs nacionais, como a Cielo, que após período de crise apresentou uma alta em suas ações de 34,68%. Com a notícia do novo serviço ligado ao grupo do Facebook, os investidores voltaram a apostar na marca. Para se ter uma ideia da reviravolta, até a última sexta-feira (12), as ações da Cielo apresentavam uma desvalorização de quase 50%. 

Ações da Cielo disparam no começo da semana e investidores se animam (Imagem: Reprodução - Google)
Ações da Cielo disparam no começo da semana e investidores se animam (Imagem: Reprodução – Google)

Além da Cielo, o pagamento digital também será ministrado por marcas como o Banco do Brasil, Nubank e o Sicredi. Trata-se de um serviço que permitirá que, por meio dos chats do próprio whatsapp, os usuários façam transferências bancárias e pagamentos (em débito ou crédito) sem precisar das tradicionais maquininhas.  

Ao anunciar a novidade, o Facebook informou também que o Brasil será o primeiro país a testar o serviço. A justificativa para tal decisão é de que a plataforma (em nível nacional) conta mais de 70 milhões de usuários diários.  

Como funcionará os pagamentos via wpp  

Para poder fazer pagamentos, basta estar conectado no whatsapp e receber ou enviar uma solicitação de cobrança. No caso de vendas para comerciantes e lojas de um modo geral, haverá uma taxa de serviço que será distribuída entre a Cielo, o Facebook e a bandeira. Já para TED’s, o funcionamento será gratuito e feito diretamente entre as contas logadas.  

Cada transação poderá ter um valor máximo de até R$ 1 mil e os usuários poderão receber até 20 transferências por dia. O valor total mensal será de até R$ 5 mil e a taxa paga pelos comerciantes será de 3,99% por cobrança.  

Estimativas de crescimento das ações da Cielo  

Ao ser escolhida para tal parceria, as ações da Cielo renovaram suas forças no mercado e estão vivenciando um período de otimismo mesmo mediante a crise. A marca está entre os nomes mais afetados pela pandemia, mas analisa a conexão com o Facebook como uma forma de retomada de suas margens.  

“Esse acordo leva a um salto nas capacidades da Cielo no segmento de pequenas empresas e P2P (pessoa física para pessoa física), já que o WhastApp possui uma base instalada de usuários muito grande no Brasil”, avalia Jorge Kuri e equipe, analistas do Morgan Stanley. 

Carlos Daltozoco-Head de renda variável da Eleven Financial, acredita que a notícia apresenta uma sinalização de inovação dos serviços financeiros. Em um período de instabilidade econômica, o especialista acredita que sair do óbvio é uma alternativa para poder se manter na disputa.  

“A empresa vem passando por um momento muito difícil e está buscando se reinventar, fazendo essas parcerias com varejistas em soluções de pagamentos e adotando novas tecnologias”, avalia Daltozo. 

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.