Valores do petróleo despencam! Veja como isso reflete no seu bolso

Mercado de combustíveis segue enfrentando um período de instabilidade. Nessa quinta-feira (11), o valor de revenda do petróleo bateu uma queda de 8%. Sua versão em Brent foi encerrada com um reajuste de 7,6%, a US$ 38,55 por barril. Já o WTI, nos Estados Unidos, foi reduzido em 8,2% com um fechamento de US$ 36,34 dólares. Segundo os especialistas, o motivo da queda diz respeito a falta de consumo nas grandes potências, motivada pela necessidade do isolamento social.  

Valores do petróleo despencam! Veja como isso reflete no seu bolso (Imagem: Reprodução - Google)
Valores do petróleo despencam! Veja como isso reflete no seu bolso (Imagem: Reprodução – Google)

Somente nos EUA, os números de contaminação por Covid-19 já atingiram mais de 2 milhões de pessoas, de acordo com os dados do governo. O país passou por um período de controle da doença, mas com a flexibilização do isolamento social teve um crescimento considerável.  

Desse modo, a aplicação da quarentena voltou a ser necessária para a maioria das cidades. Mesmo que grande parte dos governos tenham adotados medidas de retomada da economia, o consumo do combustível ainda é inferior ao normal, com uma venda 20% mais baixa 

Muito petróleo em estoque  

Apesar da elevação dos preços estarem ocorrendo graças a flexibilidade do isolamento social, muitos países ainda acumulam enormes quantias dos combustíveis em suas distribuidoras. Tal cenário faz com que o mercado entre em um estado de choque, tendo em vista que há um número maior de oferta em comparação com a demanda solicitada.

Nos Estados Unidos, por exemplo, o valor dos estoques disparou inesperadamente ao longo da última semana. O país já registrou mais de 538,1 milhões de barris. Desse valor, o número reunido de gasolina apresentou uma elevação maior do que o esperado, ficando em uma média de 258,7 milhões de barris. 

“O retrato dos fundamentos ainda traz indicativos de baixa para os quais o mercado estava fechando os olhos“, explicou o diretor de pesquisa de mercado da Tradition Energy, Gene McGillian. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Combustível no Brasil  

No cenário nacional, a situação é parecida. Muitos estados já deram início aos planos de retomadas das atividades, mas uma parte considerável da população ainda se mantém em casa.

A situação é desfavorável tanto para os donos dos postos de gasolina, que terão acúmulo do combustível, quanto para os consumidores, que deverão sentir a longo prazo os efeitos do covid em seus bolsos, com a venda mais cara.   

 

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.