Atenção! Veja como pagar licenciamento e multas do veículo durante a quarentena

A pandemia mudou muitas coisas na vida do brasileiro, principalmente em relação às ações rotineiras. Outro setor muito afetado com o isolamento social e necessidade de resguardo, foi a parte burocrática dos veículos. Os motoristas estão com o IPVA e o licenciamento para fazer o pagamento, mas a dúvida da maioria é se o veículo tem multas em aberto e precisa ser licenciado, como posso recorrer na quarentena?.

Atenção! Veja como pagar licenciamento e multas do veículos durante a quarentena
Atenção! Veja como pagar licenciamento e multas do veículo durante a quarentena (FOTO: CRISTINO MARTINS)

Apesar de ser um direito do dono do veículo recorrer às multas, o licenciamento não pode ser feito antes da quitação desse débito. 

A preocupação acontece, pois o calendário para o pagamento desse tributo continuou em vigor. Saiba o que fazer.

Pague a multa e faça o licenciamento

Caso o órgão que registrou a infração não esteja deixando os proprietários recorrerem no momento, o proprietário pode pagar a multa e fazer o licenciamento. Depois quando o órgão voltar é possível apresentar uma defesa e um recurso, de acordo com seus dados. 

Caso a penalidade seja cancelada é possível solicitar a devolução do dinheiro. Vale destacar que o fato de que pagar a multa não impede o condutor de recorrer e tentar cancelar a penalidade (art. 284, § 2º, do CTB). 

Assim, o motorista escolhe esta opção para aproveitar o desconto de 20% oferecido até o vencimento do boleto da multa, e pede o ressarcimento se seu recurso for aceito depois. 

Também deve ser observado o calendário de licenciamento, garantindo que não houve alteração e que aquela é mesmo a data de pagamento. As datas podem ser consultadas nos sites do Detran de cada estado.

Recorrer pela internet

Os proprietários devem buscar se em seu estado tem essa função disponível. Antes da pandemia, os órgãos de trânsito já tinham disponibilizado a opção de recorrer de multas online, por meio de seus portais na internet. E agora com essas situação, vários deles seguem funcionando nesse formato.

Parcele os débitos

Muitas vezes os proprietários não possuem o recurso disponível para pagar o tributo, nessas situações é importante conversar com a empresa.

Desde 2017, parcelar multas é possível e, em diversos estados, outras taxas e tributos também podem entrar no parcelamento – IPVA, licenciamento, seguro DPVAT.

Apesar disso, as regras variam de estado para estado. Os estados cujos Detrans já possuem empresas credenciadas para parcelamento de multas e débitos são: Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo e Sergipe.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.