Estado do Rio de Janeiro tem quarentena prorrogada; reabertura começa dia 15

O governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou que a quarentena será prorrogada até a próxima sexta-feira. Entre as restrições continuam valendo as limitações para o uso do transporte público intermunicipal, sejam trens, ônibus e barcas por profissionais de atividades consideradas essenciais.

Estado do Rio de Janeiro tem quarentena prorrogada; reabertura começa dia 15
Estado do Rio de Janeiro tem quarentena prorrogada; reabertura começa dia 15 (Foto: Google)

Além disso, os pontos turísticos continuarão fechados, assim como escolas, shoppings e academias.

Essa publicação com as restrições foi realizada na terça-feira (2), sendo quase o mesmo texto que o original de março, que sofreu diversas prorrogações.

O município do Rio já começou a adotar medidas de relaxamento no isolamento social nesta terça-feira (2). Mesmo com o prefeito Marcelo Crivella afirmando que tomou suas decisões em acordo com Witzel, parece que nem tudo foi acertado. 

Foram autorizadas a reabertura de lojas de imóveis e revendedoras de veículos. Apesar disso, não foi combinado um esquema com o estado para que funcionários dessas atividades se desloquem no transporte intermunicipal entre suas residências e o local de trabalho, e vice-versa. 

O governo do estado disse que as medidas de Witzel estão valendo. Nos próximos dias, o estado do Rio de Janeiro vai avaliar como andam os casos do novo coronavírus para determinar cronogramas de reabertura. 

Ontem, as expectativa era de que as medidas de relaxamento começaria no dia 8, o que ainda não foi confirmado. 

Porém, em reunião no Palácio Guanabara com o secretário de Saúde Fernando Ferry, o Comitê Científico composto por especialistas da área, mostrou contrariedade a essa data. A nova expectativa é que a abertura seja adiada para o dia 15.

Os pontos principais para que essa reabertura fosse possível seriam: taxa de ocupação de leitos para Covid-19 de, no máximo, 70%. Sendo que atualmente a ocupação da rede SUS no município é de 86% das UTIS, e na rede estadual só há vagas no Hospital Zilda Arns e em hospitais de campanha.

Além da estabilidade ou queda da curva de contágio por pelo menos cinco dias úteis; e índice de reprodução do vírus igual a 1.

Sendo assim, cada pessoa infectada transmitiria o vírus para apenas mais uma pessoa, número considerado aceitável, levando-se em conta que já esteve acima de 4 no mês passado. Segundo Tannuri, hoje, o Rio está próximo a 1,5.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.