Auxílio emergencial de R$600: Grandes criminosos recebem benefício irregularmente

Em meio a pandemia do novo coronavírus, o governo federal liberou o repasse do auxílio emergencial no valor de R$600, mas o benefício destinado a trabalhadores informais tem sido alvo de investigação. Grandes criminosos do país receberam o benefício de forma irregular.

Auxílio emergencial de R$600: Grandes criminosos recebem benefício irregularmente (Reprodução/Internet)
Auxílio emergencial de R$600: Grandes criminosos recebem benefício irregularmente (Reprodução/Internet)

Investigação detalhou que as fraudes abrangem também golpes no exterior do país. Em suma, os criminosos estavam recebendo o auxílio de R$ 600 reais mesmo na cadeia. Entre os solicitantes um dos 11 criminosos mais procurados do país.

As informações foram compartilhadas em reportagem exibida no “Fantástico”, da Rede Globo, no último domingo (31). O cruzamento de dados foi feito utilizando a lista dos mais procurados – foragidos – e os que receberam o benefício.

A partir destes dados, foram detalhados que os mesmos receberam de forma ilegal o benefício. Além dos foragidos, brasileiros que moram no exterior também foram beneficiados com a medida de preservação para os mais vulneráveis.

Entre os que receberam estão, William Moscardini, acusado de fazer parte de roubo milionário do Paraguai, em 2017, no qual R$ 60 milhões foram roubados de uma empresa de transportes do país. Mesmo sem nunca estar preso, o Baixinho – como é conhecido – já recebeu duas parcelas do auxílio.

Além dele, Leomar de Oliveira Barbosa, o Léo Playboy, um dos participantes do esquema de Fernandinho Beira-Mar também recebeu o benefício. Ele é procurado pela Polícia Federal desde 2018 e até então não foi encontrado.

Outros 27 mil foragidos de todo o país também tiveram acesso ao benefício. Apenas com o pagamento da primeira parcela, governo gastou mais de R$ 16 milhões de reais com este público. O dado é do relatório de investigação da Controladoria-Geral da União (CGU).

Pontos importantes foram levantados durante a investigação, golpistas também estão entre os que receberam o recurso utilizando dados de pessoas que já morrem, aplicando golpes e tribulando a ação do governo.

Celulares que circulam dentro de presídios também foram usados para obter acesso ao auxílio emergencial. Brasileiros que moram em Portugal, na Europa, também estão entre os que receberam de forma equivocada o dinheiro.

Reposta do Ministério da Cidadania é de quando observada as irregularidades no repasse, os beneficiários terão que realizar a devolução do dinheiro recebido de forma indevida. Além disto, está realizando etapas de concessão mais rigorosas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA