Correios serão usados para inscrição no auxílio emergencial a partir de junho

Novidades estão sendo implementadas para os brasileiros que estão recebendo ou desejam receber o auxílio emergencial. O benefício liberado pelo governo federal durante a pandemia do novo coronavírus provocou diversas dúvidas e questões. E por se tratar de um benefício que deve atender a população mais carente, foi decidido que os cidadão sem acesso a internet poderão se inscrever usando uma das agências dos Correios. 

publicidade
Correios serão usados para inscrição no auxílio emergencial a partir de junho (Reprodução/Internet)
Correios serão usados para inscrição no auxílio emergencial a partir de junho (Reprodução/Internet)
publicidade

Um dos principais pontos é em relação aos atendimentos presenciais que estão completamente concentrados na Caixa Econômica Federal. Inicialmente, assim que liberado o auxílio, filas extensas foram formadas na expectativa do recebimento.

Mas, como boa parte da população tem problemas na hora de realizar procedimentos virtuais, as filas se tornaram um grande problema, muitas formadas por causa das dúvidas de como realizar o procedimento ou até mesmo sem meios para isto.

Este cenário foi visualizado justamente porque todo procedimento é virtual para aqueles que não são inscritos no Cadastro Único do Governo Federal. O público deve ter recorrido aos meios de cadastro nos site da Caixa e aplicativo do Auxílio Emergencial.

Mesmo depois de quase dois meses da liberação do uso do app, o governo federal divulgou que o cadastro para recebimento dos valores de R$ 600 deve ganhar mais um reforço para incentivar o regularização.

Para auxiliar, a partir de junho, os Correios será responsável também por realizar o apoio. Mesmo com a divulgação através de nota, ainda não foi detalhado quando vai começar o atendimento e como será realizada as ações

Ainda segundo a nota enviada à imprensa, “as agências estão, nesse momento, em processo de adaptação dos sistemas para realização do serviço”. As novidades de acordo com o comunicado serão reveladas em breve.

“A data de início do atendimento, as formas de acesso da população e demais procedimentos serão amplamente divulgados pelos canais oficiais da empresa”, finaliza. As agências dos Correios estão espalhadas por todo o país.

Vale ressaltar que o auxílio emergencial é um benefício pago a trabalhadores informais, autônomos, microempreendedores individuais e desempregados destinado para amenizar os impactos do isolamento social adotado devido à pandemia do novo coronavírus.