Com a suspensão de aulas presenciais em todo o país, em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o desafio de estudar para o ENEM ficou ainda maior. Muitos estudantes não conseguem organizar uma rotina ou selecionar os principais conteúdos, por exemplo.

Dicas de como estudar para o ENEM 2020 em casa e de GRAÇA!
Dicas de como estudar para o ENEM 2020 em casa e de GRAÇA. (Imagem: Montagem FDR)

A boa notícia é que existem aplicativos gratuitos que podem auxiliar os candidatos durante este período, com atividades extras, simulados e assuntos mais pertinentes.

O ideal é seguir um cronograma de estudos e as orientações do app escolhido para manter-se ativo e atualizado.

10 aplicativos para estudar para o ENEM

  • ENEM – Provas e Gabaritos Comentados (Android)

O aplicativo é simples, mas possui um banco de provas e gabaritos comentados desde a edição de 2001, o que ajuda muito a estudar para o Exame. A principal vantagem é que não tem propagandas.

  • Estuda.com ENEM e Vestibular (Android | iOS)

O app tem várias funcionalidades e permite acesso para quatro modalidades de estudo: desafios, questões, simulados e provas anteriores do Enem. Ele também permite acessar estatísticas de análise de seu desempenho, erros, acertos e tempo médio por questão.

Além disso, oferece videoaulas, temas de redação e resumos de conteúdos. Com o plano premium, o estudante pode ter análises mais detalhadas de seus pontos fortes e fracos.

  • Formulando (Android | iOS)

Muito indicado para quem precisa focar em matérias de exatas para o Enem, o app tem simulados, questões de matemática, física e química. Para acessar, não é necessário fazer cadastro, mas sim uma divulgação em qualquer rede social.

  • Pomodoro Timer Lite (Android) | Pomodoro Focus Timer (iOS)

Os aplicativos oferecem uma técnica de estudos baseada em um método italiano, com tempo cronometrado – 25 minutos para estudar e 5 para descansar. É ideal para quem não consegue se concentrar e precisa de organização.

  • Prepara ENEM 2020 (Android)

É considerado um dos aplicativos mais completos para estudar para o Enem, com simulados, temas de redação, resumos de matérias e dicas de assuntos para estudar. Além disso, tem a vantagem de não exigir conta para entrar.

  • Questões ENEM (Android | iOS)

O aplicativo ganha na praticidade, pois divide as matérias de estudo em categorias: ciências humanas, linguagens e códigos, ciências da natureza, matemática, inglês e espanhol. O estudante pode acessar provas anteriores, videoaulas e resumos de forma gratuita, mas para se livrar dos anúncios é necessário assinar a versão premium por US$ 4,99.

  • Questões ENEM 2020 e Provas de Vestibulares (Android)

Além de oferecer simulados do Enem, o app também possibilita o acesso a outros vestibulares. O aluno consegue acompanhar seu desempenho geral e organizar melhor a rotina de estudos. O app é gratuito e pede apenas o login do Google ou do Facebook.

  • Redação Nota 1000 (Android | iOS)

O app é indicado para quem tem dificuldade com a redação, pois exibe temas de redações anteriores, com nota 1000 e ainda um passo a passo para a formulação do texto, além de possíveis temas para as próximas provas do Enem e análises.

  • RevisApp (Android | iOS)

O aplicativo também divide as matérias por categorias – ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática – e exibe os assuntos que mais caem nas provas. Também oferece resumos práticos, indicados para revisão. É bom para ser utilizado em conjunto com outros apps. A versão “pro” custa R$ 3,99 e desbloqueia todos os resumos.

  • SAE Questões (Android | iOS)

Com centenas de questões de todos os assuntos, o app é bem completo e traz opções de filtro por disciplina, escolha de questões e estatísticas de rendimento. Apresenta versão gratuita.

COMENTÁRIOS

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente, trabalha como assessora de comunicação e redatora do portal FDR, na editoria de educação e carreiras.