São Paulo vai antecipar ESTES feriados para promover isolamento social

Nesta segunda-feira (18), o governador de São Paulo João Dória (PSDB) anunciou que vai encaminhar em regime de urgência um projeto de lei para antecipar os feriados deste ano. Isso para melhorar os índices de isolamento no estado.

São Paulo pode antecipar ESTES feriados para promover isolamento social
São Paulo pode antecipar ESTES feriados para promover isolamento social (Imagem: Google)

Na próxima segunda-feira (25), o feriado antecipado seria o dia 9 de julho, da Revolução Constitucionalista.

O governo quer tomar essa medida para que as taxas do isolamento social aumentem, para evitar a disseminação do coronavírus, pois as taxas costumam subir em finais de semanas e feriados.

O projeto precisa ser aprovado pelos deputados estaduais, esse projeto é complementar aos projetos que foram enviados ontem (18) pela prefeitura e foram aprovados.

A Câmara Municipal debateu a antecipação dos feriados municipais como Corpus Christi (11 de junho) e Consciência Negra (20 de novembro).

A medida foi aprovada ontem (18), na parte da noite,  com isso a cidade terá um megaferiado de seis dias. Na terça-feira (19), as cidades da Região Metropolitana e do litoral vão se reunir para ver a possibilidade de adiantar os seus feriados

A proposta do governo estadual é que esses feriados sejam adiantados para o dia 26 e 27 de maio. 

Em entrevista coletiva João Doria disse que essa é a última tentativa do governo para conter a curva de crescimento do coronavírus. Isso, pois os hospitais do estado estão sendo pressionados com a alta demanda de pacientes.

Além disso negou que está decretando lockdown. ”Não estamos decretando nem recomendando lockdown. Temos protocolo para isso, mas esta iminência não existe nesse momento”, disse Doria.

De acordo com Dimas Covas, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo.

“O lockdown significa um atestado de falência do sistema público de saúde. Quando você decreta o lockdown é porque perdeu a capacidade de enfrentamento da epidemia. E nós ainda não estamos neste momento”, diz.

No final de semana, a taxa de isolamento social ficou em 52% na capital e em 50% no estado, no sábado (16). Já no domingo (17), a taxa subiu para 56% na capital e 54% no estado. 

O governo de São Paulo tem como meta atingir a taxa de 60% de isolamento social, para evitar o colapso nos hospitais.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.