Prefeitura de SP recua e rodízio de veículos volta a programação normal

No domingo (17), o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou que o novo esquema de rodízio de veículos que é aplicado em 50% da frota da cidade, será suspenso a partir de hoje (18). Sendo assim, volta o esquema do rodízio normal na capital.

Prefeitura de SP recua e rodízio de veículos volta a programação normal
Prefeitura de SP recua e rodízio de veículos volta a programação normal (Imagem: Reprodução/Google)

De acordo com ele a decisão foi tomada, pois o novo modelo não ajudou a aumentar as taxas de isolamento da cidade. 

O prefeito pediu que mesmo tendo o fim do rodízio, os paulistanos respeitem a regra do isolamento, e fiquem em casa para que o coronavírus não se espalhe mais rápido e lote os hospitais.

“Isso não pode ser desculpa para as pessoas se sentirem à vontade para retomar a circulação pela cidade. Precisamos melhorar o isolamento. Estamos ficando sem alternativas” disse o prefeito.

Além disso, ele reforçou que a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), já está em 90% na capital. Apesar disso, o prefeito disse que não há como decretar o lockdown de forma isolada, é necessário que todas as cidades do estado entrem na medida. 

O rodízio com uma nova configuração foi implementado pela gestão na última segunda-feira (11).

O megarodizío permitia que os veículos com placa final par pudessem circular pelo estado apenas em dias pares, e as de finais ímpar só circulassem em dias ímpares. O rodízio era válido todos os dias 24 horas.

Diferente do antigo, que abrangia apenas o centro expandido e apenas na semana, a regra era válida por toda a cidade de São Paulo. 

Essa nova forma de circulação foi decretada para incentivar os paulistanos a melhorarem o índice de isolamento social. 

Na sexta e no sábado, a cidade de São Paulo registrou um índice de isolamento de 48%, muito abaixo do que as autoridades imaginam como ideal que é de 70%. 

Esse índice em 70% iria jogar a curva de contaminação por covid-19 na capital que já está ficando com os seus leitos lotados. Na semana passada, no dia 8, o índice de isolamento da cidade era de 46%. 

O município de São Paulo registrou até agora, 2.776 óbitos pelo coronavírus e 3.143 mortes consideradas suspeitas. A cidade tem 38.479 casos confirmados e 135.438 casos suspeitos.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Prefeitura de SP recua e rodízio de veículos volta a programação normal

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA