Rodízio de veículos em SP volta a funcionar hoje com NOVAS regras; saiba mais!

Como mais uma medida para tentar aumentar o índice de isolamento social no estado de São Paulo devido a pandemia do coronavírus, foi decidido pelo governador João Dória e o prefeito Bruno Covas que o rodízio de veículos volta a ser praticado hoje (11) e de forma mais rigorosa. Os carros poderão circular na cidade de São Paulo um dia sim, e outro não, conforme organização que considera o número final da placa.

Rodízio de veículos em SP volta a funcionar hoje com NOVAS regras; saiba mais!
Rodízio de veículos em SP volta a funcionar hoje com NOVAS regras; saiba mais! (Foto: Google)

Os veículos com placas que terminam com número par, podem circular em dias pares. Já veículos com placas que terminam com números ímpares, circulam em dias ímpares. Agora o rodízio acontece também aos finais de semana e feriados e 24 horas por dia.

O motorista que não respeitar a regra vai ser multado em R$130,16 e ainda perderá quatro pontos na carteira de motorista. O prazo de duração deste novo rodízio mais rigoroso é indefinido.

Saiba mais detalhes do novo rodízio de veículos em São Paulo

Organização da circulação

Os dias de circulação serão separado em placas final par ou ímpar. Os carros com placa final ímpar (1, 3, 5, 7 e 9) circulam nos dias ímpares. Por exemplo, estes veículos poderão circular normalmente no dia 11 de maio, mas não no dia 12.

Os carros com placa final par (0, 2, 4, 6 ou 8) só poderão circular nos dias pares. Eles não poderão circular na sexta-feira 15 de maio, mas, sim, no sábado dia 16.

Duração do rodízio

A partir de agora, o rodízio funciona o dia todo. Antes era apenas em dois períodos, pela manhã e no final da tarde, nos considerados horários de pico.

Onde estarão as restrições de circulação?

Agora a restrição funcionam em toda a cidade. Antes apenas o centro expandido era incluído.

Duração do rodízio 

O rodízio será durante as 24 horas do dia incluindo final de semana e feriados

Multa

O motorista que não respeitar a regra vai ser multado em R$130,16 e ainda perderá quatro pontos na carteira de motorista

Placa de outra cidade pode circular?

Veículos de outra cidade também precisam respeitar o rodízio.

Motoristas de aplicativo 

Os motoristas de aplicativo também precisam respeitar o rodízio de veículos, somente os táxis estão liberados.

Profissionais da saúde

Os profissionais da saúde precisam fazer um cadastro para conseguir circular. Os locais de trabalho destes profissionais informarão para a prefeitura quem são seus funcionários. O cadastro pode ser feiro também pelo e-mail: [email protected]

Veículos que podem circular todos os dias 

  • Transporte coletivo e de lotação;
  • motocicletas;
  • táxis;
  • guinchos;
  • transporte escolar,
  • Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Guarda Civil Metropolitana, os de fiscalização e operação de trânsito, ambulâncias;
  • veículos de serviços essenciais, como os transportes de defesa civil, forças armadas, fiscalização e operação de transporte de passageiros, funerários, penitenciários, dos Conselhos Tutelares, de assistência social, do Poder Judiciário, entre outros;
  • veículos utilizados em obras e serviços essenciais, como os usados na infraestrutura urbana (energia elétrica, iluminação pública, água e esgoto, telecomunicações, dados, gás, entre outros), na coleta de lixo, na manutenção de vias e logradouros públicos, no correio, no transporte de combustível, produtos perecíveis, insumos hospitalares, sangue, órgãos, na escolta armada, na cobertura jornalística, na manutenção de elevadores, entre outros;
  • veículos de empregados em obras e serviços essenciais;
  • veículos com isenção, como os elétricos e a hidrogênio, os conduzidos por pessoa com deficiência, doença crônica que comprometa a mobilidade ou que realize tratamento continuado debilitante de doença grave, entre outros.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Rodízio de veículos em SP volta a funcionar hoje com NOVAS regras; saiba mais!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA