URGENTE! Quarentena em SP é prorrogada até o último dia de maio

Após o número de isolamento social cair e os casos de coronavírus aumentarem em São Paulo, o governador do estado João Doria, decretou que a quarentena em SP será mantida até 31 de maio. A informação foi dada em coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

URGENTE! Quarentena em SP é prorrogada até o último dia de maio
URGENTE! Quarentena em SP é prorrogada até o último dia de maio (Foto: Google)

Doria disse que em nenhum país do mundo foi possível relaxar as medidas de isolamento com os casos de contaminação crescendo. Sobre São Paulo, o governador falou que o desrespeito com a quarentena aumentou nas últimas semanas, ocasionando um aumento no número de casos.

Era esperado que no dia 11 de maio, começasse uma reabertura gradual de alguns setores da economia. Este retorno teria como base as condições particulares de cada local do estado que deveriam apresentar os números de casos da doença e a capacidade de seus hospitais. Porém o aumento de casos e o índice de isolamento abaixo dos 50%, cancelou esta previsão.

Na coletiva Doria disse que “o Brasil hoje é um país triste. O medo é o pior conselheiro da economia. Prejudica o consumo, afugenta investimentos e ataca os empregos. A quarentena felizmente está salvando vidas em São Paulo e em outros estados brasileiros”, disse Doria.

“Pessoas que poderiam ter adoecido e falecido estão em vida e agradecendo por estar vivendo e convivendo com seus familiares e desfrutando a longa vida que terão pela frente.”

Projeto de retomada econômica em SP

O governo do estado já esta empenhada na criação de um projeto de retomada econômica que será colocado em prática assim que as medidas de isolamento diminuírem. O projeto foi batizado de Plano São Paulo, e considera a vulnerabilidade econômica e a empregabilidade e informalidade de cada setor.

O projeto tem como meta garantir uma saída de forma gradual, responsável e organizada e que seja possível do ponto de vista econômico.

Parta que ações do plano sejam tomadas de forma organizada, foi montado um conselho formado por 16 prefeitos de cidades-sede das regiões administrativas do estado.

Até a ultima quinta, 7, Dimas Covas diretor do Instituto Butantã comunicou que 371 municipais de São Paulo possuem casos confirmados de coronavírus, muito diferente de 50 dias atrás em que eram apenas dez cidades.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

URGENTE! Quarentena em SP é prorrogada até o último dia de maio

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA