Prefeitura de SP recua e plano de bloqueio social é cancelado

A prefeitura de SP (São Paulo) suspendeu os bloqueios de trânsito realizados na cidade como tentativa de elevar o índice de isolamento social. Essa determinação, começa a valer nesta quarta-feira (6).

Prefeitura de SP recua e plano de bloqueio social é cancelado
Prefeitura de SP recua e plano de bloqueio social é cancelado (Foto:Google)

Essa suspensão ocorreu depois de muita reclamação dos funcionários da saúde, que acabaram barrados nos bloqueios criados nesta terça-feira pela administração municipal. 

Alguns relataram atrasos de até duas horas para cumprirem o seu plantão por conta do despreparo da CET em deixar que os profissionais seguissem seu caminho.

Esse episódio gerou até a abertura de um inquérito civil por parte do Ministério Público do estado para apurar a medida adotada pela prefeitura.

Depois da suspensão o fechamento total das avenidas de São Paulo, a prefeitura irá fazer apenas blitz educativas a partir desta quarta-feira (6).

De acordo com a CET, a previsão é que os bloqueios parciais aconteçam entre às 7 até as 9 horas, mas permitindo que os veículos de passeio seguissem pela via, para os seguintes endereços:

  • Avenida Yervant Kissajikian, altura da Rua Pedro Rodrigues Beja, na zona sul;
  • Avenida Aricanduva com a Avenida dos Latinos, no sentido centro, na zona leste.

A prefeitura de SP não comentou a respeito da ação que foi aberta pelo Ministério Público que cobra explicações para a interdição das vias. 

Os dados mostram que nesta terça-feira (5), o pico de lentidão da manhã foi de 19 quilômetros e na terça-feira (28) da semana passada, ficou em 8 km.

Na segunda-feira (4), que foi o primeiro dia da implantação da medida, o maior índice foi pela manhã de 21 km.

Esses índices são da medição que a CET realiza, tendo como base a plataforma de dados do Waze, que considera como lentidão qualquer atraso em relação ao tempo de deslocamento traçado na origem da rota. 

Essa metodologia vem sendo utilizada pela prefeitura para que possa entender se a população está ou não atendendo a determinação dos pedidos de isolamento social, que é importante para evitar a disseminação do coronavírus, já que o estado de São Paulo é o epicentro da doença.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.