ESTE banco anuncia prejuízo bilionário durante a crise; veja QUEM será prejudicado

Em meio a pandemia do novo coronavírus, empresas estão sofrendo de forma negativa o impacto da crise. Diminuição de arrecadação, necessidade de demissão de funcionários ou até fechamento das portas. Estas problemáticas tem atingido diversos setores, inclusive o de instituições bancárias. Nesta semana o SoftBank detalhou que terá o pior prejuízo de sua história mediante a pandemia.

Softbank anuncia prejuízo bilionário em pior crise da história (Reprodução/Internet)
ESTE banco anuncia prejuízo bilionário durante a crise; veja QUEM será prejudicado (Reprodução/Internet)

Em números, são US$ 12,7 bilhões. Vale relembrar que a companhia é um dos conglomerados japoneses mais forte no ramo de investimento do mercado de startups mundial. As perdas atingiram diversas áreas.

Inclusive, de acordo com o banco, foram causadas pelos investimentos pouco rentáveis em seu Vision Fund, no qual é formado por fundo de US$ 100 bilhões destinado aos investimentos em startups.

Neste portfólio de companhias que estão incluídas no fundo estão Uber – a grande do setor de mobilidade urbana – e também WeWork. Ambas foram as mais afetadas pela pandemia causada pelo Covid-19. O prejuízo chegou a US$ 17,7 bilhões no último ano fiscal.

De acordo com a empresa, o fundo é projeto do fundador e CEO do Softbank, Masayoshi Son. Segundo o profissional, a crise está impactando até os unicórnios – startups que são mais valorizadas no mercado em US$ 1 bilhão.

A expectativa é de que 15 das 88 empresas no Vision Fund devem quebrar. “É uma crise enorme para muitos de nós,” disse Son. Além deste impacto, fundador do Alibaba, Jack Ma, anunciou que deixará o conselho da empresa.

Entre tantos impactos, o CEO da empresa pontuou que a saída do Jack é uma grande perca. Isto porque o Alibaba foi um dos maiores investimentos do Softbank, sendo o primeiro para startups de tecnologia.

Números detalham que o Son investiu US$ 20 milhões na empresa de e-commerce chinesa no ano de 2000. Atualmente, a parcela do Alibaba – considerando a média de 25% – vale mais de US$ 133,1 bilhões.

Segundo projeções, Alibaba deve ser um dos caminhos do Softbank conseguir se reerguer depois do prejuízo causado pela crise. Com isto, conglomerado japonês deve arrecadar mais de US$ 11,5 bilhões com a venda de parte de suas ações na empresa chinesa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.