Muitas empresas aéreas estão oferecendo passagens e pacotes com preços promocionais durante a quarentena. A medida é uma alternativa para a queda nas viagens durante a pandemia, mas é preciso saber diferenciar as boas promoções dos golpes de passagens e pacotes de viagens. 

publicidade
Como evitar golpes de passagens e pacotes de viagens durante a quarentena
Como evitar golpes de passagens e pacotes de viagens durante a quarentena (Imagem: Reprodução Google)
publicidade

Infelizmente o Brasil é o país onde mais ocorrem fraudes e golpes em passagens aéreas. Uma pesquisa realizada pela Associação Internacional de Transporte Aéreo mostrou no ano passado que metade das fraudes aconteciam em nosso país.

O mesmo levantamento mostrou que 46% destes golpes envolviam a coleta dos dados do cartão de crédito da vítima.

Os descontos reais

Se por um lado as ofertas podem ser feitas por criminosos, também existem as promoções reais de empresas sérias e que podem te ajudar a garantir uma viagem mais barata no futuro.

Para isso é importante pesquisar nos sites mais confiáveis e com boas avaliações. Podemos citar sites como:

Além dos preços mais baixos, as empresas também estão facilitando as maneiras de pagamento.

O Hurb, por exemplo, permite o parcelamento de sua viagem em até 12x no boleto e sem a consulta ao SPC.

Além de ajudar as empresas do setor aéreo e de turismo a passarem por esta grande crise, você pode aproveitar as ofertas para pagar menos pela sua próxima viagem.

Como funcionam os golpes de passagens e pacotes de viagens

Para diferenciar as ofertas reais de possíveis golpes de passagens e pacotes de viagens, primeiro é preciso entender como eles funcionam.

Para conseguir os dados do seu cartão de crédito, os golpistas criam páginas falsas com ofertas muito atrativas e preços mínimos.

O que a vítima não sabe é que ao inserir os dados do seu cartão de crédito está compartilhando as informações com criminosos.

Ao conseguir as informações do cartão, o golpista pode utilizar para fazer inúmeras outras compras e operações como recarga de celular etc.

Empresas de pagamento para NUNCA mais cair nesse tipo de golpe

Uma maneira simples, gratuita e segura para nunca mais cair neste tipo de golpe é criar uma conta em uma empresa de pagamentos como o Paypal e o PagSeguro.

Quando você faz o pagamento através destas empresas, o site vendedor não recebe os dados do seu cartão.

Funciona assim: O cadastro dos seus dados fica apenas nas empresas de pagamento, assim você não precisa fornecer o número do seu cartão toda vez que for fazer uma compra on-line.

Além disto, as empresas te dão um prazo no caso do não recebimento, ou seja, se você comprar um produto e não recebê-lo, a empresa estorna o pagamento ou devolve o saldo no seu cartão.

Só é preciso verificar quais sites aceitam quais meios de pagamento. A maioria dos sites aceitam alguma das duas opções: Paypal ou PagSeguro.

Não aceitar pagamento por essas empresas também é um sinal negativo para o site e pode te dar dica de ter mais cuidado com a compra.

Cartão virtual

Outra alternativa ainda mais rápida, mas paliativa é usar um cartão de crédito virtual. Pelo aplicativo do seu banco ou emissor do cartão é possível gerar um número diferente do original apenas para uma compra.

Assim, mesmo que alguém intercepte os dados do seu cartão não vai conseguir utilizá-lo mais vezes, apenas naquela compra.

Lembrando que será preciso estornar aquela primeira transação após verificar que foi vítimas de um golpe.

Dicas gerais contra golpes de passagens e pacotes de viagens

De maneira geral, você também, pode procurar por outras evidências para não cair neste tipo de golpe.

  • Prefira comprar em empresas e sites confiáveis e conhecidas. Vale a pena pesquisar pelo site em outros lugares e verificar o que outros clientes acharam da compra.
  • Busque pela reputação do vendedor em sites de reclamações. Sites como o Reclame Aqui te ajudam a achar pessoas que já compraram e podem ter tido problemas, além de mostrar o índice de solução de problemas de cada marca.
  • Verifique se a empresa fornece o seu endereço físico no site. Sites maliciosos escondem a sua localização ou colocam endereços falsos, o que você pode descobrir com uma pesquisa no Google Maps.

Sandro Messa possui bacharelado em Ciências e Humanidades e Ciências Econômicas pela Universidade Federal do ABC (UFABC). No mercado de trabalho, tem passagem pelo Banco Mercantil do Brasil, como gerente de relacionamento. Atuou também como assessor de investimentos no Itaú Personnalité e na XP Investimentos. Atualmente, trabalha como Consultor Financeiro e dedica-se à redação do portal FDR.