ENEM 2020: motivados pelo Covid-19, entidades pedem adiamento do exame

A União Nacional dos Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), entraram com um pedido solicitando o adiamento do Enem 2020 no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Tudo por conta da pandemia causada pelo coronavírus que fez com que as aulas presenciais fossem suspensas em todo o país. 

ENEM 2020: Motivados pelo Covid-19 entidades pedem adiamento do exame
ENEM 2020: Motivados pelo Covid-19 entidades pedem adiamento do exame (Imagem: Montagem/FDR)

Esse mandato de segurança das entidades foi protocolado ontem (12). No documento foi citado o prejuízo que a paralisação das aulas causou para milhares de estudantes que estão impedidos de estudar e se preparar para as provas, em razão do isolamento social promovido pela pandemia do coronavírus. 

Além disso, as entidades lembram ainda que eventos como as Olimpíadas de Tóquio foram adiados por conta da pandemia. Essa competição só foi adiada em duas ocasiões, durante a Primeira e a Segunda Guerras Mundiais.

As entidades lembram que muitos estudantes, especialmente os mais pobres e de escolas rurais, não possuem acesso a internet de forma que consigam estudar para as provas que estão previstas para acontecer no mês de novembro deste ano. 

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, continua afirmando que a prova não vai ser adiada.

O adiamento do Enem também está sendo pedido por estudantes e celebridades como a apresentadora Maisa e a atriz Marina Ruy Barbosa, que defendem o adiamento da prova.

As inscrições para a prova começaram no dia 11 de maio e vão até o dia 22 do mesmo mês. O Exame está marcado para os dias 1 e 8 de novembro em sua versão impressa e 22 e 29 de novembro na versão digital.

Como se inscrever no ENEM 2020

Para se inscrever é necessário entrar no site do Enem e informar o seu CPF e RG. Após isso, será criada uma senha de acesso que vai permitir a verificação do cartão de confirmação e os resultados do candidato. 

O estudante precisa ter um número de celular e um e-mail válidos para receber os comunicados do Inep.

Fique atento, pois a atualização de dados, mudança de município para a realização da prova, mudança na língua estrangeira só pode ser feito até o último dia da inscrição, ou seja, dia 22 de maio. 

Para os candidatos que precisam de adaptações, como pessoas com deficiência ou lactantes, a solicitação deve ser feita até a mesma data.

Os estudantes devem pagar uma taxa de inscrição para poder fazer a prova, no valor de R$85 entre 11 a 28 de maio, em agências bancárias, casas lotéricas, correios ou pela Internet.

Neste ano, aqueles que não pediram a isenção, mas que está dentro dos critérios para ficar isentos, receberão mesmo sem a solicitação formal.

O local onde será realizada a prova só é informado para o estudante quando estiver mais perto da prova, neste ano, isso será feito em outubro, mas ainda não se tem um dia definido.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA