ENEM 2020 abre portas para SISU, PROUNI e FIES; veja como se inscrever!

PONTOS CHAVES

  • Estudantes do ensino médio podem se inscrever no Enem até o fim de maio
  • MEC anuncia realização de provas online durante o mês de novembro
  • Programas como Fies, Prouni e Sisu tem calendário divulgado 

Estudantes brasileiros precisam se preparar. Mesmo com a suspensão das aulas em diversas escolas públicas e privadas, devido à pandemia do coronavírus, o Ministério da Educação (MEC) informou, nessa segunda-feira (11), que irá manter a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas tiveram suas datas alteradas e irão ocorrer entre os dias 22 e 29 de novembro. Com a realização dos exames, os jovens também deverão se inscrever em programas como o Sisu, Prouni e Fies. Saiba mais sobre cada um deles no artigo abaixo.  

ENEM 2020 abre portas para SISU, PROUNI e FIES; Veja como se inscrever! (Imagem: Reprodução - Google)
ENEM 2020 abre portas para SISU, PROUNI e FIES; Veja como se inscrever! (Imagem: Reprodução – Google)

Para quem estar concluindo o ensino médio, o Enem é a principal porta de entrada em uma universidade. O exame é utilizado como base para a classificação nos processos seletivos das instituições públicas e também privadas, a depender de que via o aluno decidirá se matricular.  

Para poder fazer as provas, é preciso se inscrever por meio da página do Enem. O processo é simples e solicita que o candidato informe dados como nome completo, instituição de ensino, endereço, data de nascimento, número da carteira de identidade e CPF.  

Após preencher o formulário, basta confirmar as informações e gerar a guia de pagamento. Esse ano, o ministério da educação está cobrando uma taxa de R$ 85 por aluno.

No entanto, quem for da rede estadual ou municipal pode se isentar, solicitando e comprovando que obtêm uma renda mínima. A data para efetuar a prestação de contas é até o dia 28 de maio e os alunos que não fizerem não poderão participar da prova. 

Enem Digital

Pela primeira vez, o exame contará com uma realização de provas online. Quem desejar, poderá responder as questões por meio do site do MEC. O tempo de duração e modelo da avaliação será o mesmo do modelo impresso, sendo da seguinte forma: 

  • 2 domingos de provas 
  • 4 provas objetivas 
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (45 questões) 
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (45 questões) 
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (45 questões) 
  • Matemática e suas Tecnologias (45 questões) 
  • 1 prova discursiva (redação) 

É válido ressaltar que, a aplicação das provas online também acontecerá nas instituições de ensino definidas pelo MEC, sob a fiscalização dos monitores dentro dos laboratórios de informática.  

No que diz respeito a versão impressa, seguirá acontecendo no mesmo molde das edições anteriores. Os alunos precisam comparecer ao local informado em seus cartões de inscrição portando um documento original com foto, caneta transparente e preta.  

Sobre o Sisu  

Sistema de Seleção Unificado também irá ocorrer. As inscrições acontecerão entre os dias 16 e 19 de junho. O programa tem como finalidade manter a ordem classificatória dos alunos nas universidades federais e estaduais. Para isso, é preciso, no cadastramento, informar a média do Enem (nesse caso, 2019) e aguardar a publicação das listas.  

O aluno deve informar o curso que deseja ingressar e avaliar se sua média é o suficiente para a classificação. A aprovação varia de acordo com a quantidade de inscrições por vaga, levando em consideração os pontos de corte e cotas sociais.  

Para quem for fazer o Enem 2020, haverá um novo processo seletivo do Sisu em janeiro de 2021.  As inscrições são totalmente online, no site do programa

Fies  

Financiamento Estudantil abrirá as inscrições para 2020.2 entre os dias 30 de junho e 3 de julho no seu site oficial. O programa é destinado para os alunos que desejam cursar suas graduações em universidades particulares, mas não podem custear o valor total da mensalidade.  

Para poder participar é preciso ter realizado o Enem a partir da edição de 2010, e atender aos requisitos básicos de renda. Os valores variam de acordo com os descontos desejados e deverão ser pagos ao governo em até 5 anos após a conclusão do curso.  

Prouni  

Já para quem desejar ter acesso a uma bolsa integral ou parcial em universidade particular, as inscrições do Programa Universidade Para Todos começam no dia 23 de junho e vai até o dia 26. 

O programa permite que os alunos de renda básica possam estudar nas instituições privadas tendo suas mensalidades custeadas pelo governo federal.  

O valor do desconto varia entre 25%, 50%, 75% e 100%, a depender da parceria do MEC com a instituição de ensino escolhida, nota e situação financeira do aluno. Quem for tentar o Prouni precisa ficar atento ao número de vagas por curso e área de conhecimento. 

 

 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.