DataPrev promete responder 14,7mi de pedidos do auxílio emergencial até HOJE!

Ainda na espera dos R$600 do auxílio emergencial, milhares de brasileiros não tiveram o benefício liberado pela Dataprev, órgão responsável pelo processamento das informações e cruzamento do bancos de dados para liberação do valor.

DataPrev promete responder 14,7mi de pedidos do auxílio emergencial até HOJE! (Reprodução/Internet)
DataPrev promete responder 14,7 mi de pedidos do auxílio emergencial até HOJE! (Imagem: Reprodução/Internet)

De acordo com a Dataprev, a previsão da liberação das repostas para 14,7 milhões brasileiros que ainda aguardam a mudança de status do pedido é nesta quarta-feira (13/05).

O valor de R$ 600 será disponibilizado assim que o sistema indicar que o benefício foi aprovado. Este número total que ainda aguarda é referente aqueles trabalhadores informais que precisaram refazer o cadastro, inscritos no CadÚnico e Bolsa Família recebem automaticamente, desde que correspondam aos requisitos.

A realização de um novo cadastro é feito através do aplicativo, ou site, da Caixa Econômica. Vale ressaltar que 1,4 milhão fizeram o cadastro entre os dias 7 e 23 de abril.

Já os demais, o total de 16,4 milhões é referente aos que foram feitos em abril e ainda estão em análise. Depois de analisados, a Dataprev informa quais são aqueles que estão aprovados e repassa o pagamento.

Destaca-se que nem todos trabalhadores que estão com o cadastro em análise vão receber. O pagamento é feito pela Caixa em até dois dias. Então significa que se o banco receber nesta quarta os resultados das avaliações, os benefícios aprovados serão repassados até sexta-feira.

Auxílio de R$600

O auxílio emergencial será repassado em três parcelas durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com o governo, ainda há 17 milhões de pessoas que esperam o benefício ser aprovado.

O calendário de recebimentos foi suspenso, sendo que a segunda parcela ainda não tem data para ser paga. Governo decidiu esperar para que todos os brasileiros com problemas resolvam as suas questões antes de receber o novo lote.

Ainda foram observadas outras ações como a inclusão repentina de diversas pessoas que não estava cadastradas, ou seja, eles acabaram obtendo um número maior de solicitações do que esperado.

O governo teve até que pedir à Casa da Moeda para imprimir cédulas, com objetivo de fazer o pagamento. Ainda de acordo com a pasta, benefício está mantido.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.