INSS mantém 1,1 milhão de pessoas aguardando na fila de espera

Atualmente, uma das grandes preocupações de todo país é em torno das grandes filas que se forma em frente às agências Caixa para a solicitação do auxílio emergencial. Mas apesar de ser enorme, esta não é a única espera dos brasileiros. De acordo com dados divulgados nesta semana, a fila para a concessão de benefícios do INSS, o Instituto Nacional do Seguro Social, também tem número grande de pessoas aguardando.

INSS mantém 1,1 milhão de pessoas aguardando na fila de espera (Reprodução/Internet)
INSS mantém 1,1 milhão de pessoas aguardando na fila de espera (Reprodução/Internet)
publicidade

Em suma, são cerca de 1,1 milhão de segurados esperando uma resposta às suas solicitações de concessão de benefícios como aposentadoria, pensões e auxílios-doença.

Com as agências fechadas, o atendimento está comprometido. Apesar disto, órgão detalha que o procedimento pode ser realizado online através do portal Meu INSS.

A questão vem em discussão mediante a problemática de que a fila, apesar de não ser visível, ainda é grande e também abarca pessoas que consideram importante e emergencial a concessão destes benefícios.

Segundo o instituto, a fila vem caindo com o tempo e desde o início do ano, redução foi de 200 mil requerimentos. Procedimento foi facilitado logo depois de que os pedidos tiveram início na internet.

Zerar a fila do INSS

Para tentar otimizar o atendimento e agilizar os procedimentos de concessão, o INSS irá realizar contratações sob o regime temporário de aposentados e militares com atuação prevista de até seis meses.

Mas para se candidatar é necessário atender os seguintes pontos: ser aposentado pelo regime próprio de previdência social da União, ou militar inativo para o desempenho de atividades de natureza civil.

Além destas oportunidades ainda haverão outras para perícia médica e atuação na concessão e revisão de benefícios/Demandas judiciais. Mas para estas, ainda não foi divulgado quantidade.

Cenário de crise

A situação começou quando a plataforma para concessão dos benefícios, o Meu INSS, ficou super lotada e não conseguiu se atualizar com as novas regras da Previdência. Atualmente são dois milhões de pessoas na espera da concessão no INSS.

O órgão pontua que os sistemas de concessão de benefícios estão tendo que ser atualizados para adequar-se às novas regras. Tendo em vista que, os cálculos não são realizados de forma manual.

AvatarREDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.