Restituição do IRPF 2020: aprenda a consultar saldo positivo do Leão

O Governo Federal decidiu manter o cronograma da Restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). A informação foi passada através do secretário da Receita Federal, José Tostes Neto. Após essa confirmação fica mantida para o dia 29 de maio o primeiro lote da restituição do IRPF 2020.

Restituição do IRPF 2020: Aprenda a consultar saldo positivo do Leão
Restituição do IRPF 2020: Aprenda a consultar saldo positivo do Leão (Reprodução: Google)

Com relação à entrega das declarações de imposto de renda, o governo decidiu adiar a data limite de 30 de abril para 30 de junho. A declaração foi feira pelo secretário diretamente do Palácio do Planalto.

Ainda sobre o anúncio ele afirmou: “Considerando a situação excepcional, decidimos manter o cronograma de restituições previsto anteriormente”.

Ele disse ainda que a intensão é facilitar a vida da população em tempos de crise, por conta do Covid-19. O secretário afirmou que em anos anteriores as restituições tinham inicio no mês de junho e seguiam até o fim do ano, em dezembro.

Com a situação atual, as restituições começarão em maio e seguirão até o mês de setembro, conforme previsão do Governo Federal.

Os últimos dados informados pela Receita Federal mostram que cerca de 9,1 milhões de pessoas já entregaram as declarações. O governo espera que 32 milhões efetuem as declarações até a data limite.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Calendário da restituição IRPF 2020

  • 1º lote: 29 de maio de 2020
  • 2º lote: 30 de junho de 2020
  • 3º lote: 31 de julho de 2020
  • 4º lote: 31 de agosto de 2020
  • 5º lote: 30 de setembro de 2020

Conforme informações da Receita Federal, o valor total para restituição do 1º lote pode alcançar a média de R$ 2 bilhões. É preciso lembrar que idosos, pessoas com deficiência e portadores de doenças graves são prioridade e estão nessa primeira etapa.

A partir do 2º lote, as restituições IRPF 2020 ocorrerão de acordo com a ordem de entrega das declarações.

Dados mostram que para pagamento de todos os lotes será necessário o montante de R$ 26 bilhões.

O grande motivo para estas mudanças é o avanço do novo coronavirus e os efeitos que tem causado na economia do país.

O governo avaliou como seria o impacto da crise nas condições do contribuinte efetuar sua declaração. Por esse motivo houve uma confirmação nas alterações do calendário.

Como consultar quanto vou receber na restituição?

Logo quando envia a declaração, o próprio programa do Imposto de Renda vai mostrar se o contribuinte tem direito a ser restituído, e quanto pode receber.

Mais tarde, com início da distribuição dos lotes, cabe ao titular do documento consultar o valor em sua conta corrente que for informada na declaração. Outra possibilidade é acessar o site da Receita Federal e informando seu CPF e data de nascimento o sistema mostra se o crédito foi depositado.

Amanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) e graduanda de Administração pela Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, atua como redatora do portal FDR e demais portais de notícias desde 2017, produzindo conteúdo sobre economia, finanças pessoais e programas sociais.