Novo ERRO no aplicativo do auxílio emergencial dificulta pedidos

O auxilio emergencial do governo veio como grande ajuda para as famílias que tiveram sua renda afetada pela pandemia do coronavírus. Porém, muitos seguem com dificuldades para conseguir acesso ao auxílio e um novo problema agora ligado ao CPF, surgiu no aplicativo para conflitar com os solicitantes.

Novo ERRO no aplicativo do auxílio emergencial dificulta pedidos
Novo ERRO no aplicativo do auxílio emergencial dificulta pedidos (Imagem FDR)

Usuários do aplicativo e do site Auxílio emergencial que foram criados justamente para a solicitação do benefício, tem enfrentado problemas no momento que precisam digitar seu CPF, pois estão sendo recusados pela Caixa Econômica.

Isto está acontecendo tanto para quem tenta se inscrever pela primeira vez, quanto para quem teve que refazer o pedido depois de ter tido o auxílio negado. E seguindo a recomendação do próprio sistema do aplicativo, iniciou um novo cadastro.

Este é o aconteceu com Luciana Dutra, microempreendedora do seguimento de eventos e mãe de dois filhos de 7 e 14 anos que não contam com pensão do pai. A empresário concedeu entrevista ao portal O Globo.

Segundo ela, ao fazer o cadastro pela primeira vez, não sabia que precisaria incluir o CPF dos filhos. Após dias de análise, ela recebeu a orientação do aplicativo para refazer o cadastro com a inserção do CPF das suas dependentes.

Ela refez o procedimento e aguardou mais alguns dias. Quando foi checar a resposta viu que deveria fazer todo o processo novamente. Ao tentar refazer, o aplicativo informou que o CPF das filhas já pertenciam a outro grupo familiar.

Ao tentar outras vezes refazer o pedido, ela sempre recebia a mesma resposta. Ela decidiu então consultar o andamento da solicitação feita em seu CPF e a resposta foi de que seu CPF não havia sido cadastrado.

“Ou seja, eliminaram o primeiro cadastro. Comecei de novo, e o (novo) cadastro somente seguiria adiante se eu não colocasse os CPFs das crianças e não marcasse a opção “chefe de família”. Tive que marcar a declaração de que não sou chefe de família. Para não ficar sem receber” disse Luciana.

Luciana está sem renda a mais de um mês desde o inicio da pandemia com a proibição de festas. Os R$1.200 do auxílio emergencial pago para mãe chefe de família, serviria como uma renda importante nesse momento.

Outras pessoas encontram o erro relacionado ao CPF logo de primeira. É o caso do tradutor Carlos Eduardo. Na primeira tentativa de cadastro, ele recebeu uma resposta que seu CPF já estava cadastrado.

Diante dos erros e inúmeras reclamações nas redes sociais, a Caixa foi procurada para comentar o que estava acontecendo e ainda não se posicionou. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.