Auxílio de R$600: Caixa divulga quanto já foi pago e valor IMPRESSIONA

O governo federal liberou o auxílio emergencial para milhares de brasileiros em todo o país. A ajuda será repassada por três meses. Só na primeira parcela do auxílio de R$600 paga desde o dia 9 de abril, o número de beneficiários impressiona.

Auxílio de R$600: Caixa divulga quanto já foi pago e valor IMPRESSIONA (Reprodução/Internet)
Auxílio de R$600: Caixa divulga quanto já foi pago e valor IMPRESSIONA (Reprodução/Internet)

O benefício do auxílio já começou a realizar seus pagamentos há duas semanas. De acordo com a Caixa Econômica Federal, banco responsável pelo repasse, já foram pagos R$ 27,7 bilhões para 39,1 milhões de brasileiros.

Os dados são contabilizados desde o início dos pagamentos, quando liberados no dia 9 de abril. O valor total foi pontuado levando em consideração os pagamentos até às 16h da última segunda-feira (27).

A plataforma criada pelo governo para brasileiros não inscritos no Cadastro Único realizarem o solicitação do benefício já teve 48,4 milhões de solicitantes, por meio do site e no aplicativo.

Outro número impressiona, no site da Caixa o número de visitas somou mais de 393,4 milhões. Os atendimentos por meio da central telefônica exclusiva 111 foram mais de 88,7 milhões de ligações em duas semanas.

Já o aplicativo Auxílio Emergencial Caixa soma 63,8 milhões de downloads e, por fim, aplicativo Caixa TEM, para movimentação da poupança digital, supera 52,7 milhões de downloads.

Recebimento do coronavoucher

No caso dos que realizaram o cadastro no aplicativo do governo, o pagamento será repassado na conta no qual o beneficiário indicou. Não tendo a necessidade de ir até uma agência bancária. O repasse é automático. Podendo ser transferido ou sacado.

Já aqueles que não tem conta bancária, o governo criou uma solução, a conta digital criada pela Caixa Econômica. Serão 30 milhões de brasileiros que não tem contas bancárias e irão receber o benefício nesta modalidade.

Requisitos para sacar o auxílio de R$600

De acordo com o texto sancionado pelo presidente, para obter o benefício de R$ 600 é necessário atender alguns critérios. Destaca-se que mães solo devem receber o dobro do valor, ou seja, R$ 1,2 mil.

Para cada família brasileira o valor máximo a ser sacado será de R$ 1,2 mil, desta forma apenas duas pessoas da família podem receber o benefício. Controles antifraude serão realizados pelo governo federal. Os requisitos incluem:

  • ser maior de 18 anos de idade;
  • não ter emprego com carteira assinada
  • não receber benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal, com exceção do Bolsa Família;
  • renda familiar mensal por pessoa de até meio salário mínimo (522,50 reais) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (3.135 reais)
  • a pessoa também não pode ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de 28.559,70 reais. Ou seja, é preciso ter sido isenta de IR no ano passado.

Além das exigências acima, é preciso se enquadrar em uma das situações de informalidade abaixo para receber o benefício:

  • ser microempreendedor individual (MEI)
  • ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS)
  • ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)
  • ser trabalhador com contrato intermitente inativo, ou seja, que não está sendo convocado pelo patrão para prestar serviço

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA