Caixa lança 2 aplicativos para gerenciar auxílio emergencial; Entenda cada um AQUI!

A Caixa Econômica lançou dois aplicativos ligados ao auxílio emergencial de R$600 do governo. Cada um deles tem funções diferentes e são destinados a objetivos distintos. Conheça cada um deles e para que servem:

Caixa lança 2 aplicativos para gerenciar auxílio emergencial; Entenda cada um AQUI!
Caixa lança 2 aplicativos para gerenciar auxílio emergencial; Entenda cada um AQUI! (Imagem: FDR)

Aplicativo Auxílio emergencial

Este aplicativo foi o primeiro a ser lançado lançado, e é destinado para que as pessoas que se enquadram nos requisitos possam pedir o auxílio emergencial.

Para solicitar, o requerente precisa inserir os dados pessoais que serão pedidos. Estas informações seguem para o Dataprev, empresa responsável pela verificação dos dados.

Ao chegar no Dataprev os dados serão analisados para confirmar se aquele trabalhador tem direito ao auxílio ou não. O requerente precisa aguardar a resposta que será dada no próprio aplicativo .

Após a realização do cadastro, o requerente pode verificar se o auxílio foi ou não concedido clicando na opção “acompanhe sua solicitação”.

Pedro Guimarães, presidente da Caixa informou que os trabalhadores que tiverem o auxílio negado podem fazer o cadastro novamente.

Aplicativo Caixa Tem

Já este aplicativo, foi criado para os trabalhadores que não possuem uma outra conta bancária ou que não apontaram uma conta para o depósito do auxílio. Através dele o trabalhador pode escolher transferir o valor para alguma outra conta bancária, sua ou de outra pessoa.

A Caixa diz que as pessoas que tem o dinheiro nessa poupança digital poderão neste momento, realizar apenas pagamento de contas e fazer até três transferências gratuitas por mês. Os saques serão liberados aos poucos a partir da próxima semana.

Pelo app, também é possível acessar informações sobre benefícios e programas sociais, além de obter informações referentes a vida do trabalhador como FGTS, Abono Salarial do PIS e Seguro-Desemprego.

Quem tem conta na Caixa também pode consultar saldo e extrato, realizar pagamentos e transferências de até R$ 600 por transação e até R$ 1 mil por dia.

Contas Digitas

Pedro Guimarães falou que com a operação de pagamento do auxílio emergencial, serão 30 milhões de brasileiros que não tem contas bancárias com acesso a contas digitais.

Ele destaca que isto é uma iniciativa social muito forte. Estas pessoas a partir de agora podem fazer transações sem custo por meio da conta.

Em tempos de pandemia é muito importante que sejam evitadas aglomerações de pessoas nas agências físicas, e as contas digitais são um grande exemplo para que os usuários façam transações sem a necessidade de ir a uma unidade do banco.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.