Auxílio emergencial de R$600: veja quem recebe primeiro!

Após validar o pagamento do auxílio emergencial de R$600 para os brasileiros de baixa renda, o Ministério da Cidadania divulgou a ordem de pagamentos. De acordo com o gestor, Onyx Lorenzoni, receberão primeiro aqueles que forem beneficiários do Bolsa Família e estiverem aptos ao benefício. A data dos depósitos ainda não foram divulgadas, mas deverão ocorrer nos primeiros dias do mês de abril.

Auxílio emergencial de R$600: veja quem recebe primeiro! (Imagem: Reprodução - Google)
Auxílio emergencial de R$600: veja quem recebe primeiro! (Imagem: Reprodução – Google)

Na sequência, de acordo com o ministro, serão contemplados os trabalhadores informais que estão registrados no Cadastro Único, mas não recebem demais auxílios.

Depois será a vez dos microempreendedores individuais, e por fim a quantia será ofertada para os autônomos que não apresentam registros no Cad-Único.

Leia também: Passo a passo para fazer o Cadastro Único e receber R$600 do governo

Calendário de liberação do auxílio emergencial de R$600

  • 1º: trabalhadores informais que recebem o Bolsa-Família
  • 2º: informais que estão no cadastro único (plataforma social do governo que funciona como banco de dados para a validação de benefícios)
  • 3º: microempreendedores individuais e contribuintes individuais
  • 4º: informais que não estão em cadastro nenhum

Justificativas para a definição do cronograma

Questionado sobre os motivos de escolha do calendário, Onyx informou que liberar o valor para os segurados do Bolsa Família, inicialmente, é uma forma de antecipar os pagamentos tendo em vista que seus dados já estão cadastrados no sistema público.

“Acho que é o mais fácil e mais rápido, porque nós temos que fazer duas coisas muito importantes: a primeira, agilidade, porque as pessoas precisam, e a segunda, segurança”, afirmou Onyx.

Desse modo, a gestão terá tempo para organizar as informações dos demais beneficiários, otimizando a liberação da verba.

Ainda de acordo com o ministro, os detalhamentos referentes as datas e andamento dos grupos deverão ser divulgados ainda nessa semana, mas que inicialmente a previsão é que a quantia passe a ser ofertada a partir da segunda semana de abril.

Leia também: Salários poderão ser reduzidos em 70% com novo contrato de trabalho

“Se a primeira leva será do Bolsa-Família e o Bolsa-Família é pago a partir do dia 16 de cada mês, então muito provavelmente os primeiros pagamentos serão nessa data. Eu acho que é uma data razoável e segura para as pessoas“, explicou.

Como receber

Os valores deverão ser depositados nas contas informadas pelos beneficiários. Quem já for registrado no Bolsa Família, por exemplo, deverá receber da mesma forma. No entanto, aqueles que não tiverem vínculo com instituições financeiras vão contar com o recebimento de um cartão, desenvolvido pelo próprio governo.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA