Lote residual da restituição do IRPF: veja quem tem direito

Chegou o período do ano em que voltamos nossa atenção para a tão importante entrega da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física. E na última segunda, 9 de março, foi liberado a consulta ao lote residual da restituição do IRPF que contempla declarações residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2019.

Lote residual da restituição do IRPF: veja quem tem direito
Lote residual da restituição do IRPF: veja quem tem direito (Foto: Google)

O contribuinte que deseja saber se já teve a restituição do IR liberada pode entrar no site da Receita ou pelo ReceitaFone ligando para 146.

Leia Mais: Começou! IR 2020 dá início a entrega das declarações no site da Receita

O montante que chega ao total de R$240 milhões, será distribuído para 72.546 mil contribuintes no dia 16 desde mês. R$104,186 milhões desse crédito bancário referente ao lote residual da restituição do IRPF, será direcionado para pessoas com prioridade de recebimento:

  • 1.848 idosos acima de 80 anos;
  • 11.528 entre 60 e 79 anos;
  • 1.621 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave;
  • 5.667 contribuintes em que maior fonte de renda seja o magistério.

Consultando o site da Receita, o contribuinte pode conferir o extrato da declaração e analisar se aconteceu algum erro nos dados que foram processados.

Caso isso venha a acontecer, é possível fazer uma avaliação própria dos erros e fazer a auto regularização, por meio da entrega de uma declaração retificadora.

Nos dias de hoje, o celular se tornou a grande ferramenta de acesso a internet, por isso, se o contribuinte preferir pode usar o aplicativo para tablets e smartphones, um modo de facilitar consultas às declarações do IRPF e a situação no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF.

No App você pode consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Fique atento ao prazo! A restituição vai ficar disponível no banco durante um ano. Caso o contribuinte não faça o saque nesse período, deverá fazer requerimento, através da internet, por meio de um Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou de forma direta no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Leia Mais: Preços do petróleo caem e registram maior queda em 29 anos

Se acontecer do valor não ser creditado, o contribuinte pode se dirigir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento no telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para fazer o agendamento do crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome para qualquer banco.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA