Programa do IR 2020 foi liberado no site da Receita; veja como baixar

Com a chegada do prazo para a realização da declaração do Imposto de Renda para pessoa física, a Receita Federal disponibilizou nesta quinta-feira (20) o programa do IR 2020 para o preenchimento do formulário com base no ano de 2019. O acesso a nova funcionalidade necessita de atenção para alguns pontos.

Programa do IR 2020 foi liberado no site da Receita; veja como baixar (Arte/Fdr)
Programa do IR 2020 foi liberado no site da Receita; veja como baixar (Imagem: Arte/FDR)

Para 2020, o prazo definido para a realizar a declaração foi de 2 de março com término previsto para o dia 30 de abril. As empresas têm até o dia 28 deste mês para realizar a entrega do documento base da declaração, o Informe de Rendimentos, para seus funcionários e colaboradores ligados.

Leia Também: Imposto de Renda 2020: tabela não é atualizada e contribuinte vai pagar mais

Nesta quarta-feira (19) foram divulgados outros pontos, alguns novidades em relação a declaração para este ano.

Uma delas é que a partir do programa do IR 2020 haverá a opção de realizar a declaração por procuração, ou seja, feita por uma outra pessoa devidamente autorizada sem a necessidade de buscar demais informações no site da Receita Federal.

Ainda será possível realizar a retificação da declaração já no próprio sistema, com isto, não serão perdidas informações do documento já enviado anteriormente.

Os contribuintes podem fazer o “download” do programa clicando neste link. A plataforma está disponível para computador, notebook, tablet e smartphone.

A declaração do IR deve ser feita de forma obrigatória só para alguns perfil. O principal ponto determinante nesta relação é se a renda tributável (salário, bônus na empresa, etc) no ano de 2019 foi maior que R$ 28.559,70. Se sim, o preenchimento no programa do IR 2020 é obrigatório.

Leia Também: Investimento em poupança gera incertezas com nova taxa de rendimento

Além deste perfil, ainda será necessário realizar a declaração pessoas que tiveram rendimentos isentos, como pagamento de dividendos de empresas ou de retorno de fundo imobiliário, que somem mais de R$ 40 mil.

Com a declaração deste ano, é esperado receber aproximadamente 32 milhões de documentos. Sendo que no ano passado cerca de 30,6 milhões de contribuintes de todo o Brasil prestaram contas ao Leão.

Enquanto isso, a tabela do IRPF 2020 que poderia ter sido atualizada com a inflação, manteve os mesmos valores. E por isso, serão aplicadas as seguintes alíquotas sobre o rendimento do trabalhador:

Rendimento mensal alíquota
até R$ 1.903,98 isento
de R$ 1.903,99 ate R$ 2.826,65 7,50%
de R$ 2.826,65 até R$ 3.751,05 15%
de R$ 3.751,06 a R$ 4.644,68 22,50%
Acima de R$ 4.644,68 27,50%

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA