Calendário INSS: confira quando receber o benefício neste mês

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou na última quarta-feira (19), o pagamento de pensões, aposentadorias e demais benefícios relativos a janeiro. Desta vez,  com base no novo salário mínimo nacional os depósito seguirão o calendário INSS creditando R$1.045 para os pensionistas.

Calendário INSS: confira quando receber o benefício neste mês
Calendário INSS: confira quando receber o benefício neste mês (Imagem: Reprodução/Google)

Os pagamentos são organizados conforme o número do benefício do segurado. Para quem recebe benefícios com valor de até um salário mínimo os depósitos acontecem entre os dias 19 de fevereiro e 6 de março.

Segurados que contam com renda mensal acima do piso nacional terão seus pagamentos realizados a partir de 2 de março. Porém sem alteração do valor recebido no mês anterior.

Leia Mais: Conheça o novo valor da contribuição INSS para donas de casa

Calendário INSS

Divulgação: INSS
Divulgação: INSS

O salário mínimo de R$ 1.045 começou a valer no dia 1° de fevereiro e foi a segunda alta neste ano.

Em 31 de dezembro de 2019, uma medida provisória estabeleceu para 2020 o valor de R$ 1.039, com reajuste de 4,1%, proporcional à projeção de inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que levou em conta os valores apurados para os meses de janeiro a novembro e, para o mês de dezembro, a mediana das projeções de mercado levantadas pelo último Boletim Focus do Banco Central, sem ganho real.

Porém ao ser revelado em janeiro o indicador ficou em 4,48%, acima do que se tinha estimado de início.

Para impedir que o salário tivesse uma correção abaixo da inflação, o presidente Jair Bolsonaro determinou um novo valor para o piso, fixando em R$ 1.045. A alta, no entanto, só passou a valer a partir de fevereiro.

Assim, os beneficiários que recebem quantia igual ao mínimo ficaram com o salário mínimo de R$ 1.039 apenas no calendário INSS de janeiro.

O reajuste do salário implicou no aumento para R$ 1.045 do piso para os benefícios pagos pela Previdência Social. Segundo a lei, aposentadorias, auxílio-doença, auxílio-reclusão e pensão por morte pagas pelo INSS não podem ser inferiores a 1 salário mínimo.

Leia Mais: Minha Casa Minha Vida em crise? Programa sofre severos cortes de verba

Para os beneficiários que recebem acima do valor mínimo, não aconteceu reajuste. O aumento concedido já foi de 4,48%, elevando o teto dos benefícios do INSS de R$ 5.839,45 para R$ 6.101,06 a partir de janeiro de 2020.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA