Cartão de crédito Digio: Avaliação e como solicitar/fazer o seu!

Bom

- Zero anuidade

- Sem burocracia

- Bandeira internacional

- Aplicativo de gerenciamento

- Ofertas exclusivas de empréstimos

- Sem juros rotativos

Não tão bom

- Não há cartões adicionais

- Não é possível pagar o mínimo da fatura

  • Anuidade R$0.00/mês
  • Renda mínima Não exigida
  • Recompensas DigioCash
  • Taxas R$0.00

Além da anuidade grátis, o cartão de crédito Digio conta com outros benefícios interessantes para nós, consumidores. Um bom exemplo disso é o DigioCash, que funciona como um empréstimo e transforma parte do limite do seu cartão em dinheiro.

Cartão de crédito Digio: Avaliação e como solicitar/fazer o seu!
Cartão de crédito Digio: Avaliação e como solicitar/fazer o seu! (Imagem: Google)

Banco emissor

O cartão é emitido e administrado pelo Banco CBSS, nascido de uma parceria entre Banco do Brasil e Bradesco.

publicidade

Bandeira

O cartão Digio possui bandeira Visa e os clientes participam do programa “Vai de Visa” ao utilizar o cartão em compras.

Anuidade

Como já comum em vários cartões mais recentes, o Digio não cobra taxas de administração, emissão ou anuidade.

O grande diferencial é que a Digio também zerou a cobrança da taxa do rotativo do cartão, ou seja, nos primeiros 30 dias de atraso não serão cobrados juros sobre a fatura.

publicidade

Score para ser aprovado

O cartão de crédito Digio não estabelece um score para ser aprovado no cartão, a empresa ainda deixa claro que devido à sua análise interna diferenciada alguns clientes com score mais baixo podem ser aprovados e outros sem restrições reprovados.

Renda mínima para solicitar

Também não é exigida uma renda mínima ou piso de salário para ser aprovado.

Cobertura

O cartão é internacional, podendo ser utilizado dentro e fora do Brasil e em compras on-line em lojas estrangeiras.

publicidade

Aplicativo

Como o banco ainda não oferece serviço de conta digital, o aplicativo se destina principalmente ao gerenciamento do cartão e outros produtos do banco como empréstimos pessoais.

O aplicativo Digio está disponível nas lojas Google Play e App Store avaliado com 4,4 e 4,6 estrelas respectivamente.

Cartões adicionais

Ainda não é possível solicitar cartões adicionais.

Tempo de espera para aprovação

Embora o tempo possa variar para cada cliente, o prazo máximo de retorno é de 15 dias corridos.

Como solicitar o cartão de crédito Digio?

Para realizar a solicitação basta preencher o cadastro no formulário no aplicativo Digio ou através da sua página neste link.

Avaliação final

Embora o cartão tenha algumas similaridades com seus concorrente, o cartão Digio é focado em te ajudar a organizar suas finanças e alcançar a sua independência financeira.

Um dos diferenciais nesse sentido é a abolição dos juros rotativo, que aumenta os valores em atraso na fura, e a facilitação do parcelamento da fatura, opção mais vantajosa para o cliente.

Além disso, o aplicativo também reúne ofertas de outras parceiras com empréstimos, parcelamentos e aplicativo de gerenciamento de gastos.

Além da política de crédito, o cartão é inteiramente gratuito e não cobra taxas dos seus clientes, é importante se planejar para parcelar as faturas sempre em dia para não precisar fazer o parcelamento.

Com o baixo custo para o cliente e um alcance cada vez maior no Brasil, além das vantagens de transformar parte do limite do cartão em dinheiro, a nota final do cartão de crédito Digio é de 4,7 de 5.

Canais de Atendimento Digio

Além do atendimento pelo aplicativo, os clientes ainda podem entrar em contato através dos telefones:

  • 3004-9920 (capitais e regiões metropolitanas)
  • 0800-721-9920 (demais localidades)

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 5

Cartão de crédito Digio: Avaliação e como solicitar/fazer o seu!

Amanda CastroAmanda Castro
Amanda Castro é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). É responsável pela área de negócios, tráfego e otimização SEO do portal FDR. Além disso, é também redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular, finanças e programas sociais.