Quando o saque-aniversário do FGTS de 2024 estará disponível para retirada? Veja calendário

saque-aniversário do FGTS é uma das modalidades de retiradas dos recursos liberadas pela Caixa Econômica. O valor é disponibilizado anualmente após adesão, que pode ser virtual ou presencial. Confira algumas informações importantes e as datas de saque desse ano.

Quando o saque-aniversário do FGTS de 2024 estará disponível para retirada? Veja calendário (Imagem: FDR)

O calendário do saque-aniversário do FGTS de 2024 foi divulgado pelo governo federal. Os recursos são liberados anualmente pela Caixa Econômica Federal para os trabalhadores. Com isso alguns cidadãos já podem retirar os recursos. 

Para quem está pensando em aderir à modalidade é importante conferir essa matéria especial que preparamos.

Como funciona o saque-aniversário?

Essa modalidade criada em 2020, durante a pandemia, possibilita que cidadãos tenham direito aos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço todos os anos. Um detalhe, não é possível retirar todo o saldo da conta.

A Caixa possibilita apenas a retirada de um percentual mais um valor adicional, conforme a tabela abaixo:

Limite Saldo  Alíquota Parcela Adicional
Até R$ 500,00 50% 
De R$ 500,01 até R$ 1.000,00 40%  R$ 50,00
De R$ 1.000,01 até R$ 5.000,00 30%  R$ 150,00
De R$ 5.000,01 até R$ 10.000,00 20%  R$ 650,00
De R$ 10.000,01 até R$ 15.000,00 15%  R$ 1.150,00
De R$ 15.000,01 até R$ 20.000,00 10%  R$ 1.900,00
Acima de R$ 20.000,01 5%  R$ 2.900,00

Para isso é necessário aderir ao saque. Acontece que após essa adesão o trabalhador precisa permanecer na modalidade por 25 meses. Se nesse período ele for demitido não poderá retirar o restante do saldo da conta.

Ainda segundo a Caixa todos os trabalhadores com contas ativas que tenham saldo disponível podem fazer a contratação.

Quando o saque-aniversário do FGTS de 2024 estará disponível para retirada? Veja calendário (Imagem: FDR)

Calendário do saque-aniversário do FGTS de 2024

  • Janeiro: de 2 de janeiro a 29 de março
  • Fevereiro: de 1º de fevereiro a 30 de abril
  • Março: de 1º de março a 31 de maio
  • Abril: de 1º de abril a 28 de junho
  • Maio: de 2 de maio a 31 de julho
  • Junho: de 3 de junho a 30 de agosto
  • Julho: de 1º de julho a 30 de setembro
  • Agosto: de 1º de agosto a 31 de outubro
  • Setembro: de 2 de setembro a 30 de novembro
  • Outubro: de 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Novembro: de 1º de novembro a 31 de janeiro de 2025
  • Dezembro: de 2 de dezembro a 28 de fevereiro de 2025

Após essas datas limites o valor que havia sido disponibilizado retorna para a conta do FGTS do trabalhador e não poderá ser sacado.

Antecipação do saque-aniversário

Quem está precisando de dinheiro de forma rápida pode antecipar até 5 parcelas do saque-aniversário diretamente com a Caixa Econômica. Segundo o banco nessa modalidade o valor antecipado é cobrado apenas na data em que a parcela for depositada.

Também não há necessidade de análise de crédito ou uma aprovação, basta que o cidadão tenha conta do FGTS ativa ou inativa.

Essa antecipação só pode ser solicitada pelo Internet Banking, ou seja, pela internet. Através do site FGTS Caixa.

É importante lembrar que a antecipação do FGTS funciona como um empréstimo, isso significa que serão cobrados juros. Mas, por outro lado, a Caixa afirma que a taxa de 1,79% ao mês é menor do que outras modalidades de crédito.

Como contratar o saque-aniversário?

  • Acesse sua conta de FGTS por meio do APP FGTS ou do site do FGTS;
  • Autorize a CAIXA a consultar a consultar seu FGTS, depois, Principal >>Autorizar Bancos >>Empréstimo Saque Aniversário>>Instituições Financeiras;
  • Após isso selecione a Caixa e clique em Confirme.
  • Pela internet também é possível conferir o saldo disponível na sua conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço.

Para a alegria dos brasileiros, segundo a especialista do FDR, Laura Alvarenga, o governo anunciou um grande investimento no FGTS.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.