Cartão de transporte gratuito: idosos a partir de 60 anos devem renovar já

O transporte gratuito é um dos direitos dos idosos a partir dos 60 anos de idade. O benefício é concedido com a apresentação do cartão de transporte. Para aproveitar essa vantagem é importante atualizar os dados; veja como fazer isso de forma fácil.

Cartão de transporte gratuito: idosos a partir de 60 anos devem renovar já (Foto: Jeane de Oliveira/ FDR)

Não é apenas à aposentadoria que os idosos a partir de 60 anos têm direito. Outros benefícios e descontos também são concedidos a essa população. Entre eles a gratuidade no transporte público. Mas, para aproveitar essa e outras vantagens você precisa atualizar os seus dados.

Conheça a carteirinha do idoso

A Carteira da Pessoa Idosa é um documento emitido pelo próprio INSS e que garante o acesso a benefícios e vantagens exclusivos. Entre eles o transporte gratuito em ônibus municipais e interestadual. 

Com esse documento em mãos é possível comprar renda em diversas situações. Segundo o próprio INSS os idosos que possuem meios de comprovar a renda não precisam do documento. É possível fazer essa comprovação através dos seguintes documentos:

  • Contracheque de pagamento;
  • Carnê de contribuição para a Previdência;
  • Extrato de pagamento de benefício ou declaração do INSS; e
  • Carteira de Trabalho com anotações atualizadas.

No entanto, a carteirinha pode acelerar essa comprovação, facilitando o acesso às vantagens.

Vantagens e benefícios garantidos aos idosos

Gratuidade no Transporte Público

Como o transporte público é responsabilidade de cada município, as regras podem acabar mudando. Mas, em geral a gratuidade é voltada a quem tem mais de 60 anos de idade. 

Essa gratuidade também se estende às viagens interestaduais, ou seja, entre municípios. Nesse caso a gratuidade está limita a dois acentos em cada ônibus. Se esse limite tiver sido atingido a empresa é obrigada a conceder desconto de 50% na compra da passagem.

Medicamentos Gratuitos

Através do programa Farmácia Popular é possível ter acesso a medicamentos gratuitamente ou com descontos. O recurso está disponível para a população de todo o país, independentemente da idade.

Mas, no caso das pessoas com 65 anos ou mais a distribuição é exclusiva para os medicamentos voltados ao tratamento do Diabetes Mellitus tipo 2 e da doença cardiovascular.

Não é necessário ter cadastro, basta apresentar um documento de identificação com foto é obrigatória. Preparamos uma lista com todos os medicamentos que são distribuídos à população sem custo algum.

Cartão de transporte gratuito: idosos a partir de 60 anos devem renovar já (Imagem: FDR)

Atendimento Preferencial

Segundo o Estatuto do Idoso pela Lei nº 10.741/03, as pessoas com 60 anos ou mais têm direito ao atendimento preferencial em bancos, supermercados, serviços de saúde, lotéricas e demais estabelecimentos.

Isso significa que essas pessoas devem ser atendidas primeiro, inclusive com oferta de filas preferenciais. Há algum tempo esse atendimento preferencial 

Isenção do IPTU

Outro ponto que pode variar entre as cidades, pois, o IPTU é um imposto municipal. O que significa que os municípios definem as regras para a isenção, que pode ser total ou parcial.

Para saber se você tem direito é necessário procurar o órgão responsável no seu município. A especialista Laura Alvarenga preparou uma pauta especial onde explica como conseguir esse desconto.

Desconto de Meia-Entrada

A redução de 50% do valor do ingresso é aplicada em eventos culturais, como shows ou em cinemas. Para aproveitar esse benefício basta apresentar um documento de identificação com foto. Além disso, é interessante consultar a empresa responsável pela venda.

Vagas de Estacionamento

Através da apresentação do Cartão do Idoso é possível usar as vagas destinadas a esse público. O ideal é que o condutor deixe a carteira a mostra no painel do carro ao estacionar em uma vaga dessas.

Benefícios do INSS

O principal benefício é a aposentadoria, que tem o valor mínimo de R$ 1.412. Ao se aposentar também é possível sacar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS.

Além disso, também é possível acumular a aposentadoria com outros benefícios, como a pensão por morte. Clicando aqui você confere quais são os benefícios acumuláveis e quais não.

Os idosos também podem receber o BPC (Benefício de Prestação Continuada), que não é uma aposentadoria.

Como emitir a Carteirinha do Idoso?

Existem duas formas de fazer a emissão do documento, uma virtual e uma presencial; conheça as duas abaixo e escolha para a melhor para você:

Pelo site:

  • Acesse o site Meu INSS ou o aplicativo (disponível para iOS e Android)
  • Clique no item “carteira do beneficiário”
  • Selecione uma foto sua para ser usada na carteira do beneficiário
  • Marque a opção que está “ciente que ao apresentar a carteira os dados do benefício serão compartilhados através do QR Code”
  • Clique em “continuar”
  • Pronto, a sua  já estará disponível para acesso virtual ou download.

No CRAS:

Basta ir até a unidade do CRAS mais perto da sua residência com os seguintes documentos pessoais:

  • Documento de identificação com foto;
  • CPF;
  • Número do NIS;
  • Comprovante de residência.

 

Entre na comunidade do FDR e receba informações gratuitas no seu Whatsapp!

Jamille NovaesJamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.