Pagamento da restituição do Imposto de Renda é atualizado dando mais dinheiro aos contribuintes

Receber a restituição do Imposto de Renda no primeiro lote é sempre o desejo de boa parte dos contribuintes. Mas, quem fica nos lotes seguintes é beneficiado com um reajuste aumentando a quantia que originalmente seria paga. Este reajuste não é aplicado sobre o primeiro lote. 

IRPF
Pagamento da restituição do Imposto de Renda é atualizado dando mais dinheiro aos contribuintes (Foto: Jeane de Oliveira/FDR)

Todos os anos, a partir do segundo lote de pagamento da restituição do Imposto de Renda, a Receita Federal aplica uma correção ao valor liberado.

A quantia leva em conta o resultado da taxa Selic acumulada a partir do mês seguinte ao do prazo final de entrega da declaração até o mês anterior ao pagamento.

Correção de valor restituição do Imposto de Renda

O valor da restituição do Imposto de Renda é calculado com base no valor de impostos que o contribuinte pagou no ano passado, e nas deduções que foram apresentadas. Essa diferença é restituída ao cidadão em parcela única. 

A partir do segundo pagamento, que começa em junho, começam as correções aplicadas a esse valor. No segundo lote, por exemplo, o reajuste será de 1% sobre a taxa Selic. Por isso, nem sempre receber no segundo mês em diante é ruim.

O valor exato de correção somente será divulgado pela Receita Federal uma semana antes do pagamento, quando a consulta da fila de restituição for liberada. 

Quando começa o pagamento da restituição do Imposto de Renda?

Os pagamentos da restituição do Imposto de Renda começam em maio, na mesma data em que se encerra o calendário para enviar a declaração.

A única exceção para esse ano são para os moradores do Rio Grande do Sul, aqueles que vivem em cidades atingidas pelo desastre natural. Para eles o prazo de entrega da declaração termina em agosto, eu dou mais detalhes nesta matéria.

 

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile