CadÚnico 2024: novos benefícios são aprovados para pessoas de baixa renda

As pessoas que vivem de baixa renda no Brasil podem contar com o CadÚnico (Cadastro Único para Programas do Governo Federal). A partir da inscrição nesta base de dados elas passam a ser reconhecidas pelo poder público, e a partir disso garantem a sua vaga em programas sociais federais, estaduais ou municipais. 

cadúnico
CadÚnico 2024: novos benefícios são aprovados para pessoas de baixa renda (Imagem: FDR)

O Cadastro Único foi criado em 2001, isso significa que há mais de vinte anos esta plataforma existe. A cada tempo ela recebe atualizações, se torna mais moderna, mas o seu objetivo permanece o mesmo, o de quantificar e qualificar as famílias em situação de pobreza no país. 

De acordo com dados do poder público, existem mais de 30 milhões de famílias cadastradas nesta plataforma. Antes de efetivarem a sua inscrição um representante do grupo precisa responder a um questionário socioeconômico. São informações sobre a forma como a família vive, por exemplo, a soma da renda, de onde vem essa renda, onde moram, como pagam as contas, e etc. 

A partir desses dados, e tendo em vista que o grupo está inscrito no CadÚnico, o governo passa a oferecer o acesso a benefícios e auxílios. Estes benefícios podem ser de transferência direta de renda, ou não. Também é possível acumular mais de um tipo de programa, desde que atenda aos critérios. 

Quem pode se inscrever no CadÚnico 2024?

A inscrição no CadÚnico 2024 é a porta de entrada para os benefícios oferecidos pelo poder público. A entrada na plataforma tem dois critérios básicos, mas a validação em programas específicos vai depender dos requisitos de cada benefício.

É permitido se inscrever no Cadastro Único aqueles que são:

As famílias unipessoais, ou seja, compostas por uma única pessoa, também podem se inscrever. Mas, para elas o processo é mais criterioso. Eu explico melhor sobre isso nesta matéria

Principais benefícios liberados pelo CadÚnico

Listamos os principais benefícios liberados para quem se inscreve no CadÚnico. O último, chamado de Pé-de-Meia, é inédito e começou a ser pago este ano. 

Bolsa Família;

Benefício de Prestação Continuada (BPC);

Tarifa Social de Energia Elétrica;

Carteira da Pessoa Idosa;

Água Para Todos (Cisternas);

Minha Casa, Minha Vida;

Isenção de Taxa em Concursos Públicos, vestibulares e ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio);

Telefone popular;

CNH Social;

Pé-de-Meia

Como se inscrever no Cadastro Único em 2024

A inscrição no CadÚnico 2024 precisa ser presencial. Uma pessoa maior de 16 anos, e preferencialmente uma mulher, deve comparecer até o CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) mais próximo para efetivar o cadastro. 

A cada dois anos, ou sempre que houver alteração no endereço, renda ou número de moradores, é necessário retornar até o CRAS para atualizar os dados do Cadastro Único.

Documentos obrigatórios

Lila CunhaLila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: lilacunha.fdr@gmail.com
Sair da versão mobile