Por que não recebo Auxílio Gás? Veja as regras e o que fazer caso seja negado

Por que eu não recebo o Vale-Gás? Essa pergunta é muito comum entre os beneficiários do Bolsa Família. Nós vamos explicar todas as regras do Auxílio Gás para que você possa entender se tem ou não direito a esse valor.

Por que não recebo Auxílio Gás? Veja as regras e o que fazer caso seja negado (Imagem: FDR)

Nesta era de preços em alta e desafios econômicos prolongados pela pandemia, o Auxílio Gás surge como uma salvação econômica para famílias que estão enfrentando dificuldades financeiras. No entanto, quem deseja receber o benefício pode apresentar obstáculos.

Para se tornar elegível, é necessário estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com dados atualizados nos últimos 24 meses. Além disso, a renda mensal per capita da família não deve ultrapassar meio salário mínimo, o equivalente a R$ 706 por membro da família.

Dentre os documentos necessários para solicitar o vale, podemos destacar os seguintes:

  • CPF ou Título de Eleitor do responsável familiar
  • Identidade de todos os membros
  • Comprovante de residência recente
  • Comprovantes de renda

O processo de inscrição acontece no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS). Clique aqui para se inscrever.

Por que não recebo Vale Gás?

Caso o benefício seja negado, é importante verificar se os documentos enviados estão corretos e atualizados. De acordo com a especialista do FDR, Lila Cunha, a atualização do Cadastro Único pode ser feito em uma unidade presencial do CRAS.

Existem três situações que exigem o comparecimento do representante da família até o CRAS:

  • Ao completar 2 anos sem atualizar
  • Quando o Governo faz uma convocação
  • De forma voluntária

Para entender como funciona a convocação do Governo, clique aqui.

Como receber Auxílio Gás pelo Cadastro Único

O CadÚnico é usado como referência para aprovação de novos beneficiados em pelo menos 30 programas diferentes, todos de nível nacional. Mas ainda há seleções que acontecem em nível municipal e estadual, como na distribuição da Cesta Básica do Bolsa Família.

Apesar de cerca de 6 milhões de famílias receberem o Vale Gás, a demanda supera os 40 milhões de inscritos no CadÚnico, devido à escassez de recursos. Portanto, a recusa pode estar relacionada à falta de vagas, não necessariamente a problemas na solicitação.

Muitos cidadãos acreditam que o Bolsa Família não é pago para quem tem nome sujo. Para saber se isso é verdade, clique aqui.

Ariel França
Jornalista especializado em Direito Administrativo, Gestão Pública e Administração Geral. Possui mais de uma década de experiência em produção de conteúdo para a internet.